Previsão de arrecadação do IPVA é de mais de R$ 90 milhões nos três maiores municípios da Serra - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Tributo05/01/2018 | 14h06Atualizada em 08/01/2018 | 14h56

Previsão de arrecadação do IPVA é de mais de R$ 90 milhões nos três maiores municípios da Serra

Valor é previsto para Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Farroupilha

Previsão de arrecadação do IPVA é de mais de R$ 90 milhões nos três maiores municípios da Serra Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

A previsão de arrecadação do IPVA para os três maiores municípios da Serra Gaúcha no ano de 2018 é de mais de R$ 90 milhões. O valor é referente a Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Farroupilha, e corresponde à porção a que os municípios têm direito. Do imposto, metade fica nos cofres do Estado e a outra metade fica no município onde o veículo é emplacado.

Em Caxias, foram arrecadados no IPVA de 2017, até novembro, R$ 60,8 milhões. Segundo o secretário de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares, o valor para 2018 não irá variar muito porque não houve mudança significativa na frota. A taxa de 1,6 habitante por veículo se manteve no município.

A frota de Caxias, segundo a atualização mais recente do Detran, era de 301.305 veículos até o final de novembro de 2017. O ano de 2016 havia terminado com 298.416 veículos.

A quantidade apta ao pagamento de IPVA é de cerca de 192 mil. A maior parte das isenções é por conta de veículos que não pagam o imposto por terem mais de 20 anos de fabricação, o que corresponde a 36% do total.

Em Bento Gonçalves, a prefeitura diz que foram arrecadados R$ 18,9 milhões em 2017, e a previsão deste ano é de R$ 22,2 milhões. Conforme o secretário adjunto da Fazenda, Heitor Tartaro, isso se deve ao reajuste no imposto e aumento da frota.

A frota de Bento era de 79.115 veículos até o fim de novembro de 2017. No início do ano passado, o número era de 78.101. A taxa em Bento é de 1,45 habitante por veículo.

Em Farroupilha, o secretário da Fazenda, Benami Spilki, afirma que o valor previsto de arrecadação é de aproximadamente R$ 11 milhões. Em 2017, foram recolhidos em torno de R$ 7 milhões.

Conforme ele, a inadimplência foi alta em Farroupilha, na ordem de 40%. O secretário diz que houve diversas ações de fiscalização com barreiras nas ruas, mas não foram identificados muitos casos de falta de pagamento do IPVA. Ele analisa que os veículos que estão inadimplentes não estão rodando, ou estão rodando pouco no município.

A frota de Farroupilha era de 45.755 ao final de novembro do ano passado, contra 44.940 no início de 2017. A taxa é de 1,5 habitante por veículo.

Leia também
Segat: valor do IPVA
Preço médio da gasolina em Caxias sobe 9,3% em 2017

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros