Placas com preços de lanches confundem consumidores em postos de gasolina de Caxias - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Combustíveis10/01/2018 | 20h03Atualizada em 10/01/2018 | 20h03

Placas com preços de lanches confundem consumidores em postos de gasolina de Caxias

Anúncios de produtos em lojas de conveniência induzem clientes a pararem para abastecer. Nas bombas descobrem que o preço anunciado não é da gasolina

Placas com preços de lanches confundem consumidores em postos de gasolina de Caxias Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Placas induzem o cliente a entrar no posto e abastecer. Direção diz que estratégia é para focar o consumo nas lojas de conveniência Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Se o movimento nas bombas diminuiu , a estratégia de alguns postos em Caxias do Sulé fazer com que, pelo menos, o cliente entre no posto e compre produtos nas lojas de conveniência. Consumidores, no entanto, tem reclamado da forma com que são influenciados a tomar esta decisão. Grandes placas, que imitam as utilizadas para anunciar as promoções da gasolina, indicam valores de produtos como água mineral, cerveja,  e lanches que podem ser adquiridos e consumidos nas lojas de conveniências dos postos. 

Leia mais:
Ano começa com gasolina a R$ 4,50 (à vista) em de Caxias do Sul

Para quem está na estrada ou nas ruas, as placas confundem e induzem o cliente a parar e abastecer. Quando chegam na bomba são informados que os valores anunciados não correspondem ao combustível. É o caso da rede de postos Capoani. 

A direção da rede argumenta que é uma estratégia para atrair consumidores até as lojas de conveniência localizadas junto aos postos.

— Não estamos conseguindo nos sustentar com a venda de combustível. Por isso estamos direcionando nosso foco para a venda de produtos na loja. É uma estratégia que está dando certo e os preços são bem diferentes da gasolina. Não estamos enganando ninguém — justifica um dos diretores da empresa, que preferiu não se identificar.

Nem tanto, o valor do lanche com café e de uma marca de cerveja estão sendo anunciados a R$ 3,99. Esse era o valor médio do litro da gasolina em novembro de 2017. O presidente do Procon Caxias,  Luiz Fernando Horn, diz que não recebeu nenhuma denúncia de consumidores, mas promete intensificar a fiscalização. 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros