Bento Gonçalves e Flores da Cunha abrem oficialmente a vindima 2018 - Economia - Pioneiro
 

Safra da Uva19/01/2018 | 07h30Atualizada em 19/01/2018 | 10h38

Bento Gonçalves e Flores da Cunha abrem oficialmente a vindima 2018

Somente em Flores, serão colhidos cerca de 100 milhões de quilos da fruta em quase cinco mil hectares de área plantada

Bento Gonçalves e Flores da Cunha abrem oficialmente a vindima 2018 Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Em Flores da Cunha, o vigário Raimundo Costella abençoou o início dos trabalhos Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Está aberta oficialmente a colheita da uva na Serra Gaúcha. Na tarde de quinta-feira, os dois maiores municípios produtores da fruta do país deram a largada para a colheita 2017/2018, em cerimônias que contaram com a presença de autoridades e produtores. O governador José Ivo Sartori esteve no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, para a abertura da Estação da Vindima.

Em Flores da Cunha, a celebração É Tempo de Vindima reuniu lideranças políticas e empresariais e agricultores. Teve colheita de uva e passeio de carretão na propriedade do produtor Fernandes Muraro, uma das atrações do roteiro turístico Compassos da Mérica Mérica. O prefeito de Flores, Lídio Scortegagna (PMDB), destacou a qualidade da safra deste ano no município.  

— Uma das melhores!

 FLORES DA CUNHA, RS, BRASIL, 18/01/2018 - Abertura oficial da Colheita da uva em Flores da Cunha. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Fernandes Muraro e a mãe, Vilma, o prefeito Lídio Scortegagna, a rainha da Fenavindima, Janaina Massarotto, e a secretária de Turismo, Fátima Ortiz, celebram o início da colheita em Flores da CunhaFoto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Leia mais
Bento Gonçalves espera 285 mil turistas durante programação da vindima
Saiba como aproveitar a programação da vindima nos municípios da Serra
Municípios e produtores da Serra apostam na colheita da uva para atrair turistas

Serão colhidos cerca de 100 milhões de quilos em quase cinco mil hectares de área plantada. O cultivo da uva representa 15% da economia de Flores da Cunha e evolve duas mil propriedades. Nesta época, são abertos cerca de 3 mil  empregos temporários, incluindo a produção do município de Nova Pádua. 

 FLORES DA CUNHA, RS, BRASIL, 18/01/2018 - Abertura oficial da Colheita da uva em Flores da Cunha. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

"Só trabalho com isso"

O produtor Fernandes Muraro estava ansioso na tarde de ontem. Os parreirais carregados de uva foram o cenário para a abertura oficial da colheita. Ele herdou a propriedade no interior do município do avô e dos pais. E não abre mão de dar sequência ao trabalho que a família começou há mais de 55 anos. Hoje, ele só produz uva.  Investiu em cobertura para produzir mais e, este ano, pretende colher 200 mil quilos nos 10 hectares plantados.

— Estou animado. A qualidade está muito boa — ressalta.

Na segunda-feira, Muraro começa, efetivamente, a colheita das cinco variedades cultivadas. 

A programação que integra a celebração É Tempo de Vindima envolve várias atividades  no interior do município e segue até o dia 25 de março.

Em Bento Gonçalves, a Estação Vindima promete dar mais visibilidade à programação turística do município. 

— A produção de uva abastece a economia da cidade —  ressalta o secretário de Turismo de Bento, Rodrigo Ferri Parisotto.

 Leia também
Trecho em obras da Rota do Sol será concluído até o fim do mês
Em visita à Caxias do Sul, José Ivo Sartori evita falar sobre eleição

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros