Após incêndio na Randon, produção é retomada em Caxias do Sul - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Sem impacto significativo30/01/2018 | 12h03Atualizada em 30/01/2018 | 12h18

Após incêndio na Randon, produção é retomada em Caxias do Sul

Conforme a empresa, o local atingido personaliza pintura em peças e representa apenas 1% da produção do setor

Após incêndio na Randon, produção é retomada em Caxias do Sul Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Em comunicado oficial da Randon Implementos, após o incêndio ocorrido na unidade de pintura na manhã de segunda-feira, a companhia de Caxias do Sul divulgou um balanço do que considerou um evento sem impacto significativo para a produção. 

Conforme a empresa, o local atingido personaliza pintura em peças e representa apenas 1% da produção do setor. As atividades foram remanejadas para as demais áreas das empresas do grupo. A empresa ainda busca restabelecer a operação no setor atingido, mas destacou que as demais áreas operam normalmente. Cerca de 1,2 mil funcionários da unidade da Randon Implementos retomaram as atividades ainda na tarde de segunda. 

Leia mais
Fogo na Randon Implementos teria iniciado a partir de uma explosão
Trabalhadores da Randon, em Caxias, relatam momento da explosão
Em recuperação, indústria de Caxias vive segundo baque em menos de cinco meses

Cerca de 20 pessoas trabalhavam no local onde o fogo começou e 15 foram levadas para observação e cuidados por inalar fumaça, sendo que uma delas teve ferimentos leves em uma das pernas. Inicialmente, a empresa havia repassado que eram seis pessoas que estavam sendo acompanhadas, mas atualizou o número no final do dia. No final da tarde de segunda, todas elas já haviam sido liberadas do atendimento médico. 

A Brigada de Incêndio da empresa e o Corpo de Bombeiros trabalham na averiguação das causas, aguardando o resultado da perícia. O prejuízo financeiro ainda não foi divulgado. 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros