Parte das lojas ficará até dezembro no Shopping Triches, em Caxias  - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte14/09/2017 | 13h47Atualizada em 14/09/2017 | 17h27

Parte das lojas ficará até dezembro no Shopping Triches, em Caxias 

Empreendimento comercial deu este prazo para comerciantes deixarem estrutura, que, cogita-se, será locada a um único cliente

Parte das lojas ficará até dezembro no Shopping Triches, em Caxias  Tatiana Cavagnolli/Agencia RBS
Foto: Tatiana Cavagnolli / Agencia RBS

Nem todos os lojistas do Shopping Triches, em Caxias, deixarão imediatamente o ponto a pedido do empreendimento. A coluna apurou que eles teriam prazo até 31 de dezembro para transferir suas lojas da estrutura, que, cogita-se, seria locada a um único cliente.

O restaurante Labaredas Grill reabriu em novo endereço na última semana. Já a loja de moda feminina e acessórios Vanilla reinaugurou a estrutura no bairro Exposição nesta semana. O café despediu-se ainda antes. Mas outras lojas permanecerão por mais tempo no Triches, e pediram para a coluna enaltecer isso, com receio de perder ainda mais consumidores em tempos de vendas acuadas. Ou seja, o shopping não fechou, muitas operações ficarão mais alguns meses e outras irão migrando assim que definirem seus novos endereços. 

A Cassol Celulares reinaugura em espaço amplo, na esquina da Os Dezoito do Forte com a Garibaldi, no dia 2 de outubro. A Prata Tropical migrará para o Shopping Prataviera no próximo mês.  A Natuflora Produtos Naturais, presente há 15 anos no Triches, também contatou a coluna para informar que não efetuou a mudança e “há receio de que os clientes entendam que já fechamos”.

A definição do que está sendo planejado para o futuro da construção que abriga desde 1997 o Shopping Triches ainda é um mistério. As especulações dominam as conversas entre lojistas e consumidores. Supermercado, loja de eletroeletrônicos, de departamentos, de moda e até prédio de estacionamento estão entre as cogitações de mercado. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros