Agrale é parceira da Marcopolo desde 1998 e, juntas, já produziram 55 mil micro-ônibus Volare  - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte06/09/2017 | 13h46Atualizada em 06/09/2017 | 14h39

Agrale é parceira da Marcopolo desde 1998 e, juntas, já produziram 55 mil micro-ônibus Volare 

"É natural que essa parceria multicolonial se ajude", declarou Rogério Vacari, diretor executivo da Agrale, brincando com as raízes regionais das companhias

Agrale é parceira da Marcopolo desde 1998 e, juntas, já produziram 55 mil micro-ônibus Volare  Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A Agrale e a Marcopolo são parceiras desde 1998, quando engataram acordo para produzir a partir do ano seguinte o miniônibus Volare. A Agrale fabrica o chassis e a Marcopolo a carroceria. De lá para cá, 55 mil micro-ônibus foram colocados na estrada, fruto dessa parceria. E, agora, essa dobradinha de sucesso pode se intensificar e ajudar a minimizar os efeitos do incêndio que destruiu a fábrica de plásticos da Marcopolo em Ana Rech.

O diretor executivo da Agrale, Rogério Vacari, expressou ao CEO da Marcopolo, Francisco Gomes Neto, essa abertura a soluções conjuntas:

– Colocamos nossa fábrica de fibra à disposição da Marcopolo – revelou Vacari, em entrevista à colunista.

O executivo pondera, no entanto, que o momento não é de assinar contrato e nem de estipular prazos. As equipes técnicas das empresas estão analisando se a fábrica 3 da Agrale, também em Ana Rech, é compatível para produzir as peças de plástico e até parte dos moldes.

São centenas de moldes perdidos que precisam ser refeitos para colocar a linha de montagem nos trilhos. Está em estudo quanto da produção poderia ser absorvida pela Agrale e se é viável tecnicamente.

– É natural que essa parceria "multicolonial" se ajude – declarou Vacari, brincando com as raízes regionais das companhias.

Hoje, a Agrale tem expertise nessa área de plásticos, pois produz peças para cabines de caminhões e tratores. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros