Lojistas torcem pela constância do frio para liberar estoques do inverno - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte18/07/2017 | 18h30Atualizada em 18/07/2017 | 18h32

Lojistas torcem pela constância do frio para liberar estoques do inverno

Essa é a última tentativa de vendas antes da chegada das coleções de primavera-verão

O friozão que chegou com força à Serra Gaúcha nesta semana não é a garantia de que o setor de moda conseguirá mudar o ritmo de vendas de uma hora para outra.

Lideranças e empresários do comércio de vestuário explicam que, para os estoques de peças pesadas serem liberados, a exemplo de 2016, um conceito torna-se mágico: a constância do frio. Ou seja, faz-se necessário que o frio venha para ficar, mantenha-se por semanas, a ponto de o público utilizar as roupas do seu armário e perceber a necessidade de renová-las ou agregar novos looks.

Portanto, a torcida das lojas em geral é para que essas baixas temperaturas não sejam pontuais. Perdurem de forma a motivar a venda de casacos, blusões e botas. É claro que a mudança de temperatura por si só já é favorável, uma vez que atiça o interesse pelas peças que estão nas araras e vitrines, mas o receio é de que o calorzinho fora de época retorne, resfriando novamente os ânimos do setor.

No ano, o comércio de vestuário, calçados e tecidos em Caxias cresceu 6,9%. Essa é a última tentativa para limpar os estoques antes da chegada das coleções de primavera-verão.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros