Com suspensão da PF, mais de 500 passaportes feitos em Caxias estão sem previsão de entrega  - Economia - Pioneiro

Polícia Federal06/07/2017 | 08h00Atualizada em 06/07/2017 | 14h22

Com suspensão da PF, mais de 500 passaportes feitos em Caxias estão sem previsão de entrega 

Suspensão na emissão de documento feito pela Polícia Federal atinge 85 pessoas por dia na Serra

Com suspensão da PF, mais de 500 passaportes feitos em Caxias estão sem previsão de entrega  Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Lutador de taekwondo, Welinton Fraga precisa do serviço para disputar uma competição na Costa Rica Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A cada dia que se alonga a suspensão da emissão de passaportes no Brasil, aproximadamente 85 pessoas são afetadas na Serra. Esse é o número médio de indivíduos que passam diariamente no posto da Polícia Federal (PF) em Caxias do Sul, responsável por atender a 58 municípios da região. Desde que o órgão anunciou que a fabricação do documento seria paralisada, há uma semana, mais de 500 passaportes feitos em Caxias estão sem previsão de entrega.

Leia mais:
Decisão sobre plano de recuperação da Guerra irá para o judiciário
Reduz o número de empresas fechadas em Caxias do Sul em 2017 
Mercado de trabalho de Caxias continua no patamar de 2010

Logo na entrada do prédio que abriga o posto da PF onde o serviço é realizado, um comunicado pendurado na parede avisa sobre a pausa na confecção de cadernetas solicitadas a partir de 27 de junho. Ainda assim, segue normal o atendimento pré-agendado, etapa que consiste na entrega da documentação, realização de foto e coleta de digitais.

Após a instituição comunicar que acabou o dinheiro orçado para a confecção de passaportes, o movimento na delegacia caxiense da PF foi pouco afetado. Houve um leve incremento na quantidade de agendamentos desmarcados. No entanto, a maior parte dos atendimentos previstos está ocorrendo.

Atendido na PF nesta quarta-feira, o lutador de taekwondo Welinton Fraga acabou sendo prejudicado com o problema no serviço. O atleta tem viagem marcada para disputar um campeonato na Costa Rica, em setembro. Agora, não sabe se poderá representar a seleção brasileira no evento.

– Fiquei bem assustado (com a interrupção do serviço). Se o passaporte não vier, a experiência internacional que eu teria vai por água abaixo. E, sendo atleta da seleção brasileira, eu preciso muito do passaporte para competir – destaca.

Por outro lado, há um contingente de pessoas com atendimento marcado que não deve sair prejudicado pelo atraso no serviço. É a situação da professora Dalia Mielke e do industrialista Nilson Mielke, que fizeram o passaporte e não têm pressa para recebê-lo. O casal não possui algum compromisso marcado no curto prazo.

– Fiquei surpresa (com o anúncio). Entramos em contato para saber se o atendimento seria mantido. Mas eu não tenho uma urgência – relata Dalia.

Por ora, impacto é pequeno

O presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens no Rio Grande do Sul (Abav-RS), João Augusto Machado, afirma que as empresas de turismo até o momento não sentiram o impacto da medida estabelecida pela PF.

– O pessoal que viajará agora nas férias de julho já está com a documentação. Acabou se gerando esse transtorno, mas acreditamos que será resolvido nas próximas semanas – acredita Machado.

Caso algum consumidor com viagem marcada para os próximos dias não tenha o passaporte e se sinta prejudicado, a orientação do Procon de Caxias do Sul é que se procure o prestador do serviço para tentar encontrar uma solução.

– A recomendação é contatar os prestadores de serviços envolvidos e tentar sensibilizá-los. Mas o prestador de serviço não tem culpa, por isso não é obrigado a atender ao pedido de transferência – ressalta Luiz Fernando Horn, coordenador do Procon caxiense.

Horn enfatiza que nas compras presenciais não há direito de arrependimento. Ou seja, o contrato assinado tem de ser cumprido. Já nas compras a distância, pela internet, Horn lembra que há a possibilidade de fazer o cancelamento do pedido em até sete dias, contando a partir da data que o produto foi entregue ou o acordo firmado entre as partes.


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros