Caxias do Sul tem uma Flores da Cunha de desempregados - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte18/07/2017 | 06h30Atualizada em 18/07/2017 | 06h31

Caxias do Sul tem uma Flores da Cunha de desempregados

Esse é contingente de pessoas sem emprego em Caxias, equivalente ao da população da cidade vizinha

Caxias do Sul tem uma Flores da Cunha de desempregados Diogo Sallaberry/Agencia RBS
 São 29,6 mil pessoas em Caxias do Sul em busca de uma oportunidade para entrar ou voltar ao mercado de trabalho formal Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Essa é a proporção de pessoas sem emprego em Caxias do Sul. Os números chocam e preocupam, já que são 29,6 mil pessoas na cidade em busca de uma oportunidade para entrar ou voltar ao mercado de trabalho formal. Esse exército de pessoas sem ocupação equivale à população de Flores da Cunha, de 29,4 mil habitantes (conforme censo estimado em 2016 pelo IBGE).

Esses dados nem são tão arrojados, pois só levam em conta o mercado formal. E só a indústria metalmecânica de Caxias fechou 23 mil vagas de trabalho nos últimos três anos, em função da crise que abateu-se sobre o setor, diminuindo contratos e receitas.Com isso, a cidade do pleno emprego comove-se ao ver tanta gente em filas do Sine, em agências de recrutamento e pelas feiras de oportunidades.

O desemprego não escolhe idade e nem formação: há jovens que não conseguem estrear a carteira de trabalho, assim como é comum profissionais com currículo invejável disputando vagas de menor importância.

O cenário do desemprego motiva outros cenários paralelos. Nunca presenciou-se tantos profissionais na informalidade, vivendo de ¿bicos¿, ou abrindo pequenos negócios, na própria casa ou em bairros, nos quais os preços dos aluguéis são mais em conta. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros