Serra tem seis dos 10 municípios mais desenvolvidos do Rio Grande do Sul - Economia - Pioneiro

Desenvolvimento07/06/2017 | 19h05Atualizada em 07/06/2017 | 20h38

Serra tem seis dos 10 municípios mais desenvolvidos do Rio Grande do Sul

Carlos Barbosa, Nova Bassano, Nova Araçá, Garibaldi, Veranópolis e Bento Gonçalves figuram nas primeiras posições do Idese 

Serra tem seis dos 10 municípios mais desenvolvidos do Rio Grande do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Carlos Barbosa lidera o ranking pelo quinto ano consecutivo Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Entre as 10 cidades mais desenvolvidas do Rio Grande do Sul, seis estão localizadas na Serra. Carlos Barbosa, Nova Bassano, Nova Araçá, Garibaldi, Veranópolis e Bento Gonçalves figuram na parte de cima do ranking do Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), divulgado nesta segunda-feira pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). O levantamento leva em consideração fatores como educação, renda e saúde, a partir dados de 2014 (a amostragem mais recente disponível).

Leia mais:
O que o turismo de Bento Gonçalves tem e que falta a outras cidades?
Malharia  Anselmi, de Farroupilha, projeta crescer 10% em 2017
Estudantes da Efaserra organizam feira para vender produção familiar

O estudo dá uma nota de 0 a 1 e classifica o nível de desenvolvimento da seguinte maneira: alto (a partir de 0,800), médio (entre 0,500 e 0,799) e baixo (menos de 0,499). O economista da FEE Thomas Kang explica que a Serra costuma se destacar a partir da renda, que acaba ajudando a alavancar as demais áreas.

- Na Serra, a renda elevada gera repercussão na saúde e na educação. Ao contrário de outras regiões, que têm renda alta, mas não há essa mesma repercussão nas outras áreas.

Carlos Barbosa é o município com o melhor resultado entre todos os 497 do Rio Grande do Sul, com uma nota geral de 0,892. Já é o quinto ano seguido que a cidade de 27 mil habitantes lidera o levantamento.

- A cada ano que passa aumenta a responsabilidade do gestor para manter a posição. O resultado premia a comunidade, que tem por essência o trabalho árduo e a disciplina – sintetiza o prefeito Evandro Zibetti.

Segundo Zibetti, a receita do bom resultado está na diversificação da economia local, que fez com que o impacto da crise fosse amenizado. Em meio à recessão, Carlos Barbosa consegue a proeza de ter mais admissões que demissões. O saldo é de 776 vagas criadas, desde 2014, segundo o Caged.

Entre os municípios gaúchos com mais de 100 mil habitantes, a primeira posição do Idese também ficou na Serra. Com um índice de 0,846, Bento Gonçalves abocanhou o posto.

- O resultado retrata o esforço que fizemos naquela época, na criação de uma política de incentivo ao desenvolvimento econômico  – destaca o prefeito Guilherme Pasin.

Mesmo com a recessão e o aumento do desemprego na cidade nos últimos anos, com perda de 1,8 mil postos de trabalho desde 2014, Pasin acredita que a posição de Bento deverá ser mantida nas edições futuras do Idese.

Caxias do Sul ficou na 48ª colocação geral e no quinto posto entre as grandes cidades, com nota 0,817. De acordo com o índice, Caxias tem renda e saúde em nível alto e educação média.

Desempenho por região

Na comparação com as demais regiões do Estado, a Serra teve a nota mais alta, 0,827. O desempenho serrano foi superior ao resultado geral do Rio Grande do Sul, que ficou em 0,757. Frente ao resultado de 2013, o Idese gaúcho cresceu 1,4%, permanecendo no patamar de desenvolvimento considerado médio.

A amostra segmentada por área avaliada também coloca as cidades da Serra em posição de destaque. Carlos Barbosa teve a nota mais alta no quesito renda e Nova Roma do Sul liderou o aspecto saúde. Em educação, Nova Petrópolis foi a cidade serrana melhor colocada, no segundo lugar.

Ranking geral
Carlos Barbosa - 0,892
Nova Bassano - 0,867
Água Santa - 0,866
Três Arroios - 0,863
Aratiba - 0,860
Nova Araçá - 0,857
Garibaldi - 0,854
Veranópolis - 0,852
Horizontina - 0,850
Bento Gonçalves - 0,846

Cidades com mais de 100 mil habitantes
Bento Gonçalves - 0,846
Erechim - 0,825
Santa Cruz do Sul - 0,821
Porto Alegre - 0,819
Caxias do Sul - 0,817

Regiões
Serra - 0,827
Noroeste Colonial - 0,826
Norte - 0,805
Vale do Taquari - 0,799
Fronteira Noroeste - 0,798

Fonte: FEE/CIES/NIS



 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comAudiência no Ministério da Fazenda reivindica estímulo à exportação de pellets https://t.co/QbaP5nUvZx #pioneirohá 38 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comVoluntárias revolucionam e dão exemplo no Hospital São Carlos, em Farroupilha https://t.co/oWjQarIl3d #pioneirohá 1 horaRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros