Prós e contras de se adiar a Festa da Uva para 2019 - Economia - Pioneiro

Caxias do Sul06/05/2017 | 08h50Atualizada em 06/05/2017 | 08h50

Prós e contras de se adiar a Festa da Uva para 2019

O impacto da decisão de transferir a data do maior evento de Caxias do Sul

Prós e contras de se adiar a Festa da Uva para 2019 Roni Rigon/Agencia RBS
Festa costuma movimentar R$ 200 milhões na economia da cidade Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

O que significa adiar a Festa da Uva? Caxias do Sul tenta dimensionar a não realização do evento em 2018, mas em 2019. 

A justificativa da presidente da Comissão Comunitária da Festa, Sandra Mioranzza Randon, para a decisão, tomada junto com o conselho consultivo, é que é necessário mais um ano para estruturar os Pavilhões, captar recursos e envolver a comunidade. A garantia dos envolvidos na organização é de uma Festa grandiosa e revolucionária. A cidade torce pelo sucesso. 

Leia mais:
Agências de turismo lamentam adiamento da Festa da Uva

Produtores de uva terão de buscar outro destino para a fruta

Nos últimos dias, o Pioneiro ouviu 35 representantes dos segmentos alcançados com a decisão e nomes importantes da comunidade. Em todos os aspectos – econômico, cultural, comunitário –, há vozes favoráveis e desfavoráveis ao adiamento. Os argumentos podem ser conferidos nesta e nas próximas quatro páginas. 

O impacto econômico em 2018 é inegável. Serão R$ 200 milhões e 2 mil empregos temporários a menos no ano que vem. É o que a Serra vai deixar de movimentar em 18 dias dos próximos fevereiro e março. 

A estimativa é de que só a economia de Caxias empurre um faturamento de R$ 150 milhões. Os dados são baseados nos números da última Festa e reforçados pelo presidente do Sindicato do Comércio Vajerista (Sindilojas), Sadi Donazzolo, e pelo presidente da Comissão Comunitária da Festa de 2016, Edson Néspolo. 

– Com isso, o município vai deixar de receber cerca de R$ 10 milhões em impostos. Como o poder público não enxerga isso? – questiona Donazzolo.

Ele compara a Festa com a Torre Eiffel, em Paris.

– Ela foi construída numa época de crise na França para atrair turistas e incrementar a economia local. Hoje é o principal atrativo turístico do país. 

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Caxias, Carlos Heinen, defende que o momento para a realização da Festa é inoportuno, por conta da situação de dificuldade financeira vivida pelo município. Ele ressalta que não há patrocinadores privados suficientes para garantir o evento em 2018. Nesse cenário, para Heinen, a transferência para 2019 é ¿uma prudência, até uma inteligência¿.

– Precisaríamos em torno de R$ 15 milhões em patrocínios para a Festa acontecer. As empresas estão priorizando o pagamento da folha diante da grave crise que vivenciamos. 

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Ivolnei Pioner, preferiu não se manifestar sexta-feira. Em nota, a entidade informa que, apesar de assembleia em abril ter definido que a CDL se manifestasse favoravelmente à realização da Festa em 2018, evitando maiores prejuízos à economia e setores beneficiados, a definição do adiamento é apoiada, já que ¿não foram apresentadas outras alternativas¿. 

A secretária de Turismo, Renata Aquino Carraro, também não vê prejuízos no adiamento. 

– Sou favorável ao planejamento, para que Caxias tenha a festa com a grandiosidade que merece.

Última festa
- Patrocínios de R$ 10,7 milhões. Neste valor, estão incluídos R$ 3,9 milhões repassados à Festa da Uva pela prefeitura.
- Bilheteria (parque de eventos e desfiles) arrecadou R$ 4,5 milhões.
- Venda de espaços totalizou R$ 3,5 milhões.
- A arrecadação total foi de R$ 19 milhões, enquanto as despesas foram de R$ 16,8 milhões, resultando em lucro de R$ 2,2 milhões.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comConflito permanente e desgastante na prefeitura de Caxias do Sul https://t.co/WjoIExV8wF #pioneirohá 39 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPreso segundo suspeito de latrocínio de tenente da reserva da Brigada Militar em Caxias do Sul https://t.co/qFRwZ8DOFD #pioneirohá 1 horaRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros