Em Caxias, ministro do Trabalho pede que "acreditem em Michel Temer" - Economia - Pioneiro

Reunião-almoço da CIC29/05/2017 | 17h50Atualizada em 29/05/2017 | 18h05

Em Caxias, ministro do Trabalho pede que "acreditem em Michel Temer"

Ronaldo Nogueira defendeu reforma trabalhista e saiu em defesa do presidente em palestra para o empresariado caxiense

Em Caxias, ministro do Trabalho pede que "acreditem em Michel Temer" Júlio soares/Divulgação
Nogueira prevê que a reforma tramitará ainda nesta semana no Senado Foto: Júlio soares / Divulgação

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pediu aos empresários caxienses que "acreditem no presidente Michel Temer e acreditem no Brasil". Nogueira palestrou, hoje, na reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC). Na ocasião, defendeu a reforma trabalhista e afirmou que espera que, ainda nesta semana, o texto avance no Senado. A matéria está na pauta da Comissão de Assuntos Econômicos desta terça-feira.

Leia mais:
Preços da gasolina vão cair nos postos?
Polo moveleiro de Bento Gonçalves definha em meio à recessão
Farmácias disputam território em Caxias, quadra a quadra

Nogueira evitou comentar as recentes denúncias envolvendo o governo Temer, que vieram à tona a partir da divulgação de gravações e da delação premiada do dono da JBS, Joesley Bastista. O ministro acredita que o episódio não afetará a tramitação da reforma. Além disso, o titular da pasta do Trabalho pensa que o presidente sairá fortalecido da situação.

– Todos nós que passamos por uma dificuldade na vida, seja financeira, uma doença ou um trauma, saímos mais forte. E o presidente da republica é um ser humano, que está passando por esse momento de provação. Todos nós precisamos tirar lições importantes desses episódios e trabalharmos para melhorar o Brasil – definiu.

Nas intervenções do presidente da CIC, Nelson Sbabo, e nas perguntas feitas pelos empresários ao ministro, em nenhum momento foi mencionada a gravação da reunião entre Temer e Joesley Batista ou as acusações contra os membros da base aliada do governo. 

Sobre corrupção, foi lido por Sbabo um questionamento de um empresário sobre soluções para o problema. Nogueira respondeu dizendo que "as instituições estão funcionando" e que a prova disso é a prisão de figuras importantes do meio político e da iniciativa privada.

"Mentiras sobre a reforma"

Nogueira destacou em sua intervenção que a reforma trabalhista vem sendo alvo de uma série de "mentiras". O ministro garantiu que o texto não vai retirar benefícios do trabalhador e que apenas reforçará a segurança jurídica entre empregados e empregadores.

– Ali na frente, a verdade vai prevalecer. A proposta será votada, será sancionada e o trabalhador vai continuar tendo jornada de 8 horas diárias, 44 horas semanais, seu 13º salário, vale transporte, vale alimentação e descanso remunerado – afirmou

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Ale Amorin participa de Exposição Vinte e Cinco Vezes Duchamp, em Porto Alegre https://t.co/xgGSEULYuv #pioneirohá 3 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comConhece O Lenheiro? Desafiada pelo Pioneiro, agência caxiense fez comerciante de lenhas bombar no Facebook https://t.co/188itomY49 #pionei…há 3 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros