Caxias do Sul fecha 329 postos de trabalho - Economia - Pioneiro

Mercado de Trabalho16/05/2017 | 19h20Atualizada em 16/05/2017 | 19h20

Caxias do Sul fecha 329 postos de trabalho

Após três meses no azul, abril fechou no negativo. Dados foram divulgados hoje pelo Caged

Caxias do Sul fecha 329 postos de trabalho Roni Rigon/Agencia RBS
Quase no fim da colheita de maçã, Vacaria fechou de mais de mil postos de trabalho. Este ano, empregou cerca de 10 mil trabalhadores Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Depois de três meses com saldo positivo, Caxias do Sul teve fechamento de postos de trabalho em abril. Foram cortadas 329 vagas de emprego com carteira assinada. Os dados foram divulgados ontem pelo Caged.

Dois setores foram responsáveis pelo resultado negativo. Em especial a agropecuária, que, sozinha, fechou 227 postos de trabalho. A indústria foi responsável pelo fechamento de 76 vagas.

O diretor de Economia, Finanças e Estatística da CIC Caxias, Astor Schmitt, afirma que o resultado é sazonal. Com o fim da safra de verão, agora a tendência é de que os números se ajustem. Ele explica que os primeiros três meses do ano tiveram um saldo positivo surpreendente. Portanto, o fechamento dos 329 postos em abril pode ser considerado previsível.

— Não há motivos para festa, mas também não há motivo para desespero. Os gráficos já começaram a mudar.

Em Vacaria, a reta final da colheita da maçã resultou no fechamento de 1.047 postos em abril. Em contrapartida, o município empregou este ano cerca de 10 mil trabalhadores para a colheita, segundo o presidente da Agapomi (a Associação Gaúcha de Produtores de Maçã), Eliseu Bueno. Já os municípios de Farroupilha e Bento Gonçalves fecharam abril no azul: 8 e 7 novas vagas,
respectivamente.

Acumulado 2017

Mesmo com o resultado ruim de abril, o acumulado do ano em Caxias segue no positivo. Nos primeiros quatro meses de 2017, foram criadas 21.491 vagas com carteira assinada. Os desligamentos somaram 19.799 deixando um saldo positivo de 1.712. Nos últimos 12 meses, no entanto, o resultado continua no vermelho: - 3.883.

A expectativa, segundo Schmitt, é a redução desses números até o início do segundo semestre.

—Com a retomada da economia, embora lenta, a abertura de novas vagas vai surgir na sequência — prevê o economista.

No Estado

 No Rio Grande do Sul, foram cortadas 3.044 vagas de emprego com carteira assinada. A agropecuária fechou 2.830 postos de trabalho e o comércio, 1.374 empregos.

Economista da Farsul, Antônio da Luz também entende que o resultado ruim tem um motivo principal: o fim da safra de verão.

— É um resultado absolutamente sazonal — ressalta.

Ao contrário de Caxias, a indústria da transformação ficou no positivo. Foi puxado pelo segmento que abrange fábricas de borracha, fumo e couro.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comConflito permanente e desgastante na prefeitura de Caxias do Sul https://t.co/WjoIExV8wF #pioneirohá 33 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPreso segundo suspeito de latrocínio de tenente da reserva da Brigada Militar em Caxias do Sul https://t.co/qFRwZ8DOFD #pioneirohá 1 horaRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros