Tributos chegam a superar 50% do preço de produtos para a Páscoa - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte12/04/2017 | 06h30Atualizada em 12/04/2017 | 06h30

Tributos chegam a superar 50% do preço de produtos para a Páscoa

Confira a mordida de impostos em itens consumidos na Semana Santa

Tributos chegam a superar 50% do preço de produtos para a Páscoa Jean Pimentel/Agencia RBS
O ovo de Páscoa, símbolo da data, comporta uma lasca de 38,53% em impostos Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Estamos nos aproximando da Sexta-Feira Santa e da Páscoa, quando as famílias ampliam os gastos com peixes e chocolates.Mas o que ninguém tem em mente, de imediato, é a mordida de impostos embutida na cesta de produtos tradicionais consumidos na Semana Santa.

Os vinhos – 90% deles produzidos na Serra Gaúcha – carregam 54,73% de tributos. Ou seja, mais da metade do que se paga pela bebida nacional envolve taxas. O bacalhau ocupa a segunda colocação na lista, com 43,78% de impostos, seguido pelo chocolate, com 39,61%, e pela colomba pascal, com 38,68%.

O ovo de Páscoa, símbolo da data, comporta uma lasca de 38,53% em impostos. Na tabela abaixo, confira quanto do seu bolso é mordiscado pelos governos, a partir de levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

Como fugir disso? A única forma é pesquisar e buscar opções mais em conta, em que o lucro do lojista seja menor, para amenizar parte dos gastos e não endividar-se na Páscoa. 

Eis a carga tributária de alguns produtos consumidos na Páscoa: 

Vinho 54,73%
Bacalhau importado 43,78%
Chocolate  39,61%
Colomba pascal de chocolate  38,68%
Ovo de Páscoa  38,53%
Bombons  37,61%
Cartão de Páscoa  37,48%
Papel celofane  34,48%
Almoço em restaurante   32,31%
Buffê (jantar) em restaurante  32,31%
Coelho de pelúcia 29,92%

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCardo Peixoto lança, em Caxias, álbum inspirado no regionalismo https://t.co/WEYq989R0x #pioneirohá 10 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com"Queremos que o Estado dê prosseguimento, mas assumindo tudo", diz secretário https://t.co/mFi7ZnB9WM #pioneirohá 40 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros