Supermercados gaúchos vendem 6,5 milhões de ovos de chocolate - Economia - Pioneiro

Páscoa16/04/2017 | 19h18Atualizada em 16/04/2017 | 19h18

Supermercados gaúchos vendem 6,5 milhões de ovos de chocolate

Queda nas vendas em relação ao ano passado foi de 12%

Supermercados gaúchos vendem 6,5 milhões de ovos de chocolate Roni Rigon/Agencia RBS
Sobra de ovos nos supermercados não deve ultrapassar 1%, conforme estimativa da Agas Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os supermercados gaúchos confirmaram as previsões iniciais de vendas desenhadas pelos empresários do setor para a Páscoa. Conforme o balanço divulgado neste domingo pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), o setor comercializou 6,5 milhões de ovos de chocolate em todo o Estado, o que representa queda de 12% nas vendas em relação ao ano passado. 

Leia mais
Startup encontra solução imobiliária para demanda do setor varejista
Gol tem novo voo ligando Caxias a São Paulo
Em Caxias, vários remédios foram reajustados acima do índice determinado pelo governo

Alinhados com a indústria, os supermercadistas efetuaram uma compra de ovos de Páscoa menor, em volume, na comparação com o ano passado, garantindo uma sobra de produtos muito pequena nas parreiras dos mercados.

— Enquanto em anos anteriores a sobra de ovos de chocolate após o domingo de Páscoa chegava a 4%, neste ano a sobra não ultrapassará 1% — explica Antônio Cesa Longo, presidente da Agas. 

Tradicionalmente apontada pelos supermercadistas como o segundo melhor evento em vendas para o setor no ano, atrás apenas das festas de fim de ano, a Páscoa de 2017 trouxe outra peculiaridade: pela primeira vez, barras de chocolate e caixas de bombons ganharam representatividade na preferência dos consumidores. Foram comercializadas 6 milhões de caixas de bombons, número similar ao de ovos de Páscoa. 

As comemorações em família também alavancaram as vendas dos supermercados em todo o Estado: na Sexta-Feira Santa, o setor comercializou 520 toneladas de pescados, além de vinhos e de azeites. Para o domingo de Páscoa a procura por carne para churrasco, cervejas, refrigerantes e sobremesas teve grande crescimento. 

Com as promoções especiais de ovos de Páscoa, 35% dos consumidores deixaram as compras para a última hora. Os descontos foram de cerca de 20%. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros