Oito dicas na hora de comprar chocolates para a Páscoa - Economia - Pioneiro

Fique atento10/04/2017 | 16h38Atualizada em 10/04/2017 | 16h38

Oito dicas na hora de comprar chocolates para a Páscoa

Orientações são do Procon de Caxias do Sul 

Oito dicas na hora de comprar chocolates para a Páscoa Lívia Stumpf/Agencia RBS
Foto: Lívia Stumpf / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O Procon de Caxias do Sul listou orientações para os consumidores que irão comprar chocolates nesta Páscoa. 

A primeira delas é a pesquisa de preços e de condições que pagamento, que podem variar de um estabelecimento para outro. 

Leia mais
Prefeitura de Bento quer ampliar incentivos fiscais para atrair investimentos
Agências da Caixa já fizeram 12 mil atendimentos na Serra 
Casa histórica é o novo endereço de loja de produtos naturais de Caxias
Produção caseira de ovos de chocolate é opção de renda extra
Famoso doce trudel chega a Caxias
Simplás obtém mais apoios para diálogo com o Papa sobre o plástico

Dicas como exigência da nota fiscal e atenção redobrada na compra de chocolates com brinquedos também estão na lista. Confira: 

1. Antes de tudo, pesquise: os preços e as condições de pagamento podem variar muito de um estabelecimento para outro.
2. Confira os prazos de validade dos produtos: itens promocionais podem estar prestes a vencer.
3. Atenção redobrada com os pequenos consumidores: ao escolher ovos de chocolate com brinquedos, deve-se observar a faixa etária a que são destinados, bem como se possuem selo do Inmetro. É obrigatório que todos os brinquedos — nacionais e importados — utilizados por crianças de até 14 anos recebam o selo de qualidade do Instituto.
4. Exija nota fiscal: além de ser um direito do consumidor, é fundamental para o caso de uma reclamação junto ao Procon.
5. Dinheiro curto: opte por produtos mais em conta, aquilo que corresponda à sua realidade.
6. Compras para presente: combine com o vendedor e faça inserir a informação "Para presente, sujeito à troca" no cupom fiscal. Evita problemas futuros.
7. Produtos importados: veja se existe a indicação do importador, bem como composição do produto em língua portuguesa.
8. Não exagere na gula: chocolate é bom, mas melhor é degustá-lo com prazer e calma.

Dúvidas e reclamações podem ser encaminhadas pelo telefone 151 ou pelo site do Procon. O órgão fica na Rua Visconde de Pelotas, 449, e funciona de de segunda a sexta-feira, das 10h às 15h, sem fechar ao meio-dia.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros