Funerais verdes, tendência mundial, chegam à Serra - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte04/04/2017 | 07h00Atualizada em 04/04/2017 | 07h00

Funerais verdes, tendência mundial, chegam à Serra

Grupo L. Formolo oferece alternativa ecológica na contratação de serviços funerários e de cremação

Funerais verdes, tendência mundial, chegam à Serra Paulo Gilberto Scola/divulgação
.Importados dos Estados Unidos, os caixões são fabricados por tecelões a partir de materiais sustentáveis como o vime Foto: Paulo Gilberto Scola / divulgação

Uma tendência mundial no ramo funerário chegou à Serra. Os Funerais Verdes são a novidade trazida pelo Grupo L. Formolo, inspiração buscada na Tanexpo, feira do segmento, realizada em Bolonha, na Itália.Importados dos Estados Unidos, os caixões são fabricados por tecelões a partir de materiais sustentáveis como o vime. São forrados em algodão e resistentes, suportando até 150 quilos.

O L. Formolo, que atua em Caxias do Sul, Bento Gonçalves, São Marcos, Farroupilha e Garibaldi, também lança a urna biodegradável para cinzas, no caso de cremação, em duas versões. A primeira: a hidrossolúvel, importada da Espanha, ideal para lançar as cinzas do ente querido em um lago, rio ou mar por flutuar alguns segundos antes de se dissolver.

A segunda opção ecologicamente correta: a urna de areia brasileira, entregue à família já preparada com terra fértil e sementes de angico que, ao ser enterrada, transforma-se em uma árvore. A planta vai crescendo e expandindo as raízes com o recipiente, composto de materiais naturais e que se dissolve no solo. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Violonista Marcello Caminha se apresenta em Caxias https://t.co/B0PdRobIcW #pioneirohá 1 horaRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Belfast lança nova coleção em Carlos Barbosa https://t.co/da9rrwBOcf #pioneirohá 2 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros