Uma Páscoa doce, mas sem dívidas - Economia - Pioneiro

Caixa-Forte23/02/2017 | 06h30Atualizada em 23/02/2017 | 06h30

Uma Páscoa doce, mas sem dívidas

Pesquisa indica que o valor médio dos produtos típicos da data está 8,5% superior ao do ano passado

Uma Páscoa doce, mas sem dívidas Ronald Mendes/Agencia RBS
Ovos de chocolate deverão perder espaço para barras, bombons e tabletes  Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS

A pouco menos de dois meses para a Páscoa – comemorada neste ano em 16 de abril –, o comércio já começa a adocicar as expectativas. Estudo divulgado pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) aponta que os ovos de chocolate deverão perder espaço para barras, bombons e tabletes na data do Coelho deste ano.

Conforme o levantamento, que consultou 56 supermercadistas entre os meses de janeiro e fevereiro, os empresários projetam uma queda de 12% nas vendas de ovos, que mesmo assim chegarão a 8 milhões de unidades.

A pesquisa indica que o valor médio dos produtos típicos de Páscoa está 8,5% superior ao ano passado.

– O consumidor segue querendo presentear seus familiares e pessoas próximas, mas está muito atento aos preços e ao seu orçamento – destaca o presidente da entidade, Antônio Cesa Longo. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comVÍDEO: conveniência de posto fica destruída após ataque com explosivos em São Sebastião do Caí https://t.co/ihQzVZNg01 #pioneirohá 11 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFamílias contempladas com apartamentos do Rota Nova, em Caxias, já organizam mudança https://t.co/GDssfHetx1 #pioneirohá 41 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros