Colheita da maçã abre com expectativa de crescimento e boa qualidade na Serra - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Produção03/02/2017 | 11h42Atualizada em 03/02/2017 | 11h42

Colheita da maçã abre com expectativa de crescimento e boa qualidade na Serra

Associação Gaúcha dos Produtores prevê safra de 430 mil toneladas no Estado, 5% maior do que no ano passado 

Colheita da maçã abre com expectativa de crescimento e boa qualidade na Serra Artur Alexandre/Divulgação
Agapomi espera colher 430 mil toneladas, crescimento de 5% em relação à safra passada Foto: Artur Alexandre / Divulgação

A colheita da maçã, aberta oficialmente na manhã desta sexta-feira, na Embrapa de Vacaria, tem boas expectativas, tanto de quantidade como de qualidade. A Associação Gaúcha dos Produtores de Maçã (Agapomi) espera colher 430 mil toneladas, crescimento de 5% em relação à safra passada. O presidente da Agapomi, Eliseu Zardo Boeno, destaca que o inverno com muitas horas de frio e a primavera seca contribuíram para maçãs melhores, porém houve uma pequena quebra no desenvolvimento da variedade Gala fazendo com que a safra seja menor do que em 2015. As informações são da Gaúcha Serra.

Leia mais
Grupo de escoteiros de Caxias do Sul embarca para aventura na Patagônia
Funcionários da Farmácia do Ipam, em Caxias, podem ter desconto no salário
Demanda brasileira por ônibus ocupa apenas 1/4 da capacidade instalada nas fábricas de Caxias

A Gala, variedade mais precoce, já está sendo colhida e representa 60% da produção do Estado, seguida da Fugi com 30% e outras variedades com cerca de 10%. A colheita segue até o final de abril, com a variedade Pink Lady. Vacaria colhe mais da metade de todas as maçãs gaúchas. São 230 mil toneladas esperadas para este ano. Há também municípios vizinhos que exploram a cultura, como Monte Alegre dos Campos, Muitos Capões e Bom Jesus.

A cidade tem 65 mil habitantes e recebe cerca de 10 mil pessoas de outros municípios para trabalhar nos pomares. O principal mercado consumidor é o Sudeste. No ano passado, o preço médio do quilo da maçã ficou em R$ 1,50, conforme a Agapomi. Neste ano, com expectativa de melhor qualidade da safra, a associação espera até R$ 2 o quilo.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros