Atrativos e estrutura de Flores da Cunha tiram empresas de Caxias - Economia - Pioneiro

Crise na economia da Serra - parte 124/02/2017 | 07h20Atualizada em 24/02/2017 | 11h26

Atrativos e estrutura de Flores da Cunha tiram empresas de Caxias

Nos últimos cinco anos, pelo menos três empreendimentos se mudaram para a cidade

Atrativos e estrutura de Flores da Cunha tiram empresas de Caxias Felipe Nyland/Agencia RBS
A empresa de Caxias, a Hidrover vai começar a operar em março no município de Flores da Cunha Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O segredo de manter a economia crescendo em um município é atrair novos investimentos. De preferência em segmentos diferentes. "Roubar" empresas de Caxias tem sido a estratégia de várias cidades da região. A fisgada se dá por meio de uma melhor infraestrutura, ajuda da prefeitura em liberar as licenças necessárias e estar à disposição dos empresários para acelerar a burocracia.

Foi o que aconteceu com o município de Flores da Cunha, localizado a 18 quilômetros de Caxias do Sul. Nos últimos cinco anos, pelo menos três grandes empresas de Caxias se mudaram para lá. Elas representam quase 20% do orçamento do município, que chega a R$ 112 milhões e tem menos de 30 mil habitantes. Se juntar a Florense, que tem projetos de expansão, fatura R$ 250 milhões por ano e emprega 600 pessoas, a receita vai para quase 30%.

 Ou seja, quatro empresas representam quase um terço da economia do município.Com a máquina pública enxuta, o município só tem a comemorar.O segredo?

— Olhar olho no olho do empresário e assegurar que estamos do lado deles, para o que der e vier —  destaca o prefeito de Flores, Lídio Scortegagna.

Leia mais
Empresários de Caxias do Sul pedem união contra a crise
Confira histórias de empresários de Caxias que passaram pela crise
Reportagem que retrata o drama dos empresários de Caxias do Sul provoca o debate
Caxias do Sul perde mais de 24 mil vagas de emprego de 2013 a 2016

Empresas como Nova Aliança, Keko e Hidrover (essa começará a operar em março) confiaram na prosperidade do município e aceitaram o desafio. Estão muito bem, obrigado.

A Hidrover vai empregar mais de 200 trabalhadores. A estrutura da empresa ocupa uma área de 15 mil metros quadrados. A direção da empresa não quis dar mais detalhes do negócio e preferiu não revelar o motivo de se mudar para o município vizinho.

Enquanto isso, Caxias do Sul, localizada ao lado, amarga a debandada e o fechamento de empreendimentos. Cerca de 1,5 mil empresas estão em dificuldades para pagar salários e tributos.

 Na quarta-feira, dia 15, o tema motivou uma reunião-almoço na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), em que muitos empresários fizeram um desabafo sobre a falta de incentivos dos governos municipal, estadual e federal. A maioria sente ¿vergonha¿ de estar passando por essa situação. Uma comissão irá até Brasília para falar diretamente com o presidente Michel Temer.

 Nos últimos três anos, a cidade perdeu quase 25 mil postos de trabalho. O cenário da cidade é de ¿falência¿. Tem demandas, no entanto, que o município pode resolver.

'Caxias não se interessou pelo nosso projeto de união'


Foto: Rosa Ana Bisinella / Divulgação

Em 2010, a Cooperativa Aliança apresentou ao então prefeito de Caxias José Ivo Sartori e ao vice Alceu Barbora Velho, um projeto de união de cinco vinícolas da região: Linha Jacinto, de Farroupilha; Santo Antônio e São Pedro, de Flores da Cunha; e São Victor e Aliança, de Caxias.

O projeto foi apresentado a cinco municípios. Somente dois se interessaram. Nova Pádua e Flores da Cunha. Caxias não tinha uma lei que apoiasse a iniciativa. Optou por Flores.

 Caxias perdeu novamente.Atualmente, a Cooperativa Agroindustrial Nova Aliança, que produz sucos, vinhos finos e de mesa, coolers e espumantes, emprega 230 trabalhadores, fatura R$ 160 milhões e tem 900 associados.

Quando começou, o faturamento era de apenas R$ 50 milhões. Em cinco anos, triplicou e representa 4,26% do faturamento do município.

— Para 2017, estamos prevendo um crescimento de 5% — informa o presidente da cooperativa, Alceu Dalle Molle. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFimma Brasil movimenta o setor moveleiro na próxima semana em Bento Gonçalves https://t.co/o59edzjB5F #pioneirohá 21 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comMédicos serão recebidos pelo prefeito de Caxias para discutir reajuste salarial https://t.co/aNzCZodaSX #pioneirohá 46 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros