Depois de quatro meses em queda, atividade econômica reage em novembro e cresce 0,2%, aponta BC  - Economia - Pioneiro

Ritmo lento13/01/2017 | 09h43Atualizada em 13/01/2017 | 09h43

Depois de quatro meses em queda, atividade econômica reage em novembro e cresce 0,2%, aponta BC 

No acumulado dos primeiros 11 meses de 2016,  retração da economia brasileira é de 4,59%

Depois de quatro meses em queda, atividade econômica reage em novembro e cresce 0,2%, aponta BC  Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Na última quarta-feira,  BC citou a "atividade aquém do esperado" como um dos motivos para cortar a taxa básica de juros Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Zero Hora
Zero Hora

Depois de recuar 0,15% em outubro, a economia brasileira registrou avanço em novembro de 2016. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado por analistas uma espécie indicador prévio do Produto Interno Bruto (PIB) mostra crescimento de 0,2% no penúltimo mês do ano passado.

No acumulado de 2016 até novembro, a retração da economia brasileira é de 4,59% pela série do BC. A previsão oficial do BC para a atividade doméstica em 2016 é um pouco menos pessimista. O Relatório Trimestral de Inflação (RTI) publicado no fim de dezembro estima queda de 3,4%.

Leia mais:
Copom corta Selic em 0,75 ponto percentual, para 13%
Banco Central reduz previsão de crescimento do PIB para 0,8% em 2017
Meirelles: Expectativa para 2017 é de crescimento já no primeiro trimestre

Na última quarta-feira, dia 11, o BC citou a "atividade aquém do esperado" como um dos motivos para cortar a taxa básica de juros (Selic) em 0,75 ponto porcentual, para 13% ao ano, e não em apenas 0,50 ponto porcentual, como esperava a maior parte do mercado financeiro.

Analistas do mercado financeiro consultados pelo BC, projetam recuo semelhante: 3,49%, segundo divulgado no Boletim Focus.

Em janeiro do ano passado, o Banco Central promoveu uma revisão na apuração do IBC-Br para incorporar a estrutura de produtos e avanços metodológicos do Sistema de Contas Nacional, entre outros indicadores. Conhecido como "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCom a classificação do Novo Hamburgo à final, Caxias é o campeão do Interior https://t.co/KNaZjyVIkr #pioneirohá 7 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCaxias do Sul gera 149 vagas de trabalho em março https://t.co/75miEkWFRi #pioneirohá 9 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros