Seminário em Gramado discute potencial do enoturismo - Economia - Pioneiro

Festuris05/11/2016 | 10h42Atualizada em 05/11/2016 | 10h42

Seminário em Gramado discute potencial do enoturismo

Das 1,1 mil vinícolas do país, 400 já praticam o turismo do vinho

Seminário em Gramado discute potencial do enoturismo Felipe Nyland/Agencia RBS
A secretária municipal de Turismo de Garibaldi, Ivane Fávero, liderou a abertura do evento Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Com alto potencial de crescimento na Serra – principal região produtora de vinhos do país –, o enoturismo foi o tema de seminário realizado nesta sexta-feira, em Gramado. 

O encontro que discutiu as oportunidades de desenvolvimento do setor ocorreu durante a Feira Internacional do Turismo ( Festuris). A vice-presidente da Associação Internacional de Enoturismo ( Aenotur) e secretária municipal de Turismo de Garibaldi, Ivane Fávero, liderou a abertura do evento. Ela lembrou que, das 1,1 mil vinícolas do país, estima-se que 400 já praticam o chamado ¿ turismo do vinho¿: 

— Estudos apontam que 15% do faturamento das vinícolas que investem em enoturismo é fruto dessa atividade. Sabe-se ainda que 80% desses empreendimentos conseguem aliar o enoturismo com vendas — destaca. Embora esteja em ascensão, o setor ainda enfrenta muitos desafios. 

A falta de divulgação dos roteiros enoturísticos brasileiros é um deles. 

— É importante que o Ministério do Turismo defenda esse ramo como um segmento turístico nacional. O turista brasileiro precisa saber que tem enoturismo aqui, porque muitos não sabem — alerta Ivane. 

Para seguir em crescimento expressivo, como é o caso do Vale dos Vinhedos ( veja dados abaixo), o enoturismo nacional também precisa focar mais em desenvolver produtos e serviços de acordo com o mercado que deseja captar, lembra Ivane. Outra estratégia importante é aliar o vinho com atividades e eventos constantes. 

— Não adianta querer se inserir no enoturismo e fechar a vinícola em feriados e finais de semana. Não vai funcionar. Também é preciso vender um ¿combo¿, ou seja, comercializar a vinícola com gastronomia, hotel, experiências... O enoturismo não é só o que tem dentro da garrafa, é isso e todo o entorno — resume a secretária de Turismo de Garibaldi.

Na programação da atividade estava prevista a participação do ministro do Turismo, Marx Beltrão, que acabou cancelando a visita por razões pessoais. O ministro esteve na cidade de Gramado na noite de quinta-feira e participou da divulgação da campanha Viva de Perto, que incentiva visitas a atrativos nacionais e projetos como o de turismo social.

O seminário ¿Enoturismo no Brasil: potencial e oportunidades de desenvolvimento¿ foi promovido pelo Departamento de Ordenamento do Turismo (DEOTur) do Ministério do Turismo e pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).

Feira reúne mais de 2 mil marcas

A Feira Internacional de Turismo ( Festuris) ocupa 22 mil metros quadrados, no Serra Park, em Gramado, e é considerada pelo trade a mais efetiva feira de negócios turísticos da América Latina, sendo a segunda maior em tamanho. Nesta edição, a feira está dividida em espaços como LGBT, Acessibilidade, Luxury ( novidade 2016), Entretenimento, Destinos Gastronômicos, Enoturismo, Cultural e Religioso, Tecnologia, Mice, Sustentabilidade e Turismo Verde, Salas de Capacitações ( programação de oficinas, workshops e palestras de forma ininterrupta). São 2 mil marcas expostas em mais de 400 estandes para um público de mais de 14 mil profissionais vindos de todos os continentes. Essa segmentação impulsiona a capacitação, promoção, divulgação e a comercialização das marcas participantes. 

Neste modelo, aproxima-se os expositores dos principais players de seu nicho sem perder a chance de contato com compradores em potencial de outros segmentos. Assim, a geração de negócios é fomentada dentro da feira, resultando em um impacto econômico de R$ 212 milhões na última edição, segundo o Observatório de Turismo da Universidade.Federal Fluminense (RJ).Mais informações no site: www.festurisgramado.com

NÚMEROS DO VALE DOS VINHEDOS

:: Em 2015, conforme a Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale),397.529 mil visitantes passaram pelo Vale dos Vinhedos, que é o principal destino enoturístico doBrasil. Aumento em relação ao ano de 2010 foi de 98%.

:: Desse montante, 92% dos turistas eram brasileiros, vindos,especialmente, das regiões Sul e Sudeste.

:: Os 8% de estrangeiros foram representados, principalmente,por norte-americanos, franceses, alemães, italianos,portugueses, uruguaios e argentinos.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com"Quem fala pela transição não é o vice, é a coordenação-geral", diz prefeito eleito de Caxias do Sul https://t.co/jEpP5ESH1f #pioneirohá 6 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comVice-prefeito eleito de Caxias pede desfiliação do PRB https://t.co/s9pmLLKOiy #pioneirohá 8 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros