Safra 2016 consagra a diversidade do vinho brasileiro - Economia - Pioneiro

Avaliação Nacional de Vinhos24/09/2016 | 19h17Atualizada em 24/09/2016 | 19h17

Safra 2016 consagra a diversidade do vinho brasileiro

Das 16 amostras degustadas por 850 apreciadores da bebida, 11 são de variedades diferentes

Safra 2016 consagra a diversidade do vinho brasileiro Jeferson Soldi/divulgação
Evento reuniu mais de 850 pessoas, entre enólogos, sommeliers, enófilos, jornalistas e apreciadores do vinho brasileiro Foto: Jeferson Soldi / divulgação

O Brasil é o país da diversidade, e isso se refletiu na 24ª Avaliação Nacional de Vinhos (ANV), realizada neste sábado, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. O evento, promovido desde 1993 pela Associação Brasileira de Enologia (ABE), mostrou que as vinícolas brasileiras vêm alcançando excelentes resultados não apenas com castas tradicionais como as tintas Cabernet Sauvignon e Merlot e a branca Chardonnay. Pela primeira vez, a ANV classificou 11 variedades distintas entre as 16 selecionadas para o público.

Leia mais
Reforma da Previdência, prevista para sair em breve, gera dúvidas em Caxias
Super Andreazza do bairro Bela Vista abrirá na próxima quinta-feira
Caxias do Sul gera 133 vagas em agosto
Umai-Yoo sela parceria com Café de La Musique, em Caxias
Dissídio dos metalúrgicos de Caxias do Sul e região é oficializado 

Mais de 850 pessoas, entre enólogos, sommeliers, enófilos, jornalistas e apreciadores do vinho brasileiro, tiveram o privilégio de provar na taça variados sabores e aromas. A maior diversidade ficou com as tintas. Além das habituais Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot, também estrelaram com a Marselan, Tannat, Tempranillo e Alicante Bouschet. Entre as brancas destaque para a Chardonnay, Sauvignon Blanc, Moscato Giallo e Riesling Itálico. As 16 amostras foram selecionadas entre 75 (30%) mais representativos da Safra 2016 classificados em um cenário de 241 amostras de 46 vinícolas de mais de 10 microrregiões produtoras. Esta avaliação técnica foi feita por 90 enólogos no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho, parceira técnica do evento.

Em seu discurso, o presidente da ABE, Juliano Perin, lembrou da primeira edição da ANV, há 40 anos, e destacou sua a importância no incentivo aos produtores de uva e vinho no país:

— Nem em seus melhores sonhos imaginavam um evento desta grandeza. Quem ganha com isso é o vinho brasileiro, os consumidores e os apreciadores — salientou Perin.

Painel de comentaristas teve a participação de nomes do Brasil e de países como Bélgica, Chile, Estados Unidos e Grécia Foto: Jeferson Soldi / divulgação

Além de degustar cada amostra, os participantes puderam comparar suas percepções à do grupo de 16 comentaristas, formado por 15 nomes do Brasil e de países como Chile, Bélgica, Estados Unidos e Grécia, todos ligados à cultura do vinho, e um sorteado na plateia. Por meio de uma votação online, através de celulares e tablets, foi possível obter a nota média dos participantes e compará-la à mediana da mesa de convidados e à da seleção técnica.

O serviço do vinho foi feito por 90 alunos do curso de Viticultura e Enologia do Instituto Federal de Educação, em Bento Gonçalves. Foram servidas 90 garrafas de cada uma das 16 amostras, totalizando 1.440 garrafas com os vinhos mais representativos da Safra 2016. 

Apreciadores da bebida degustaram, ao mesmo tempo, 16 amostras de vinhos brancos, tintos e base para espumantes Foto: Jeferson Soldi / divulgação

O sábado também reservou momentos de emoção, com a entrega do Troféu Vitis, que homenageia figuras que dedicam seu tempo, conhecimento e talento para a promoção e valorização do vinho brasileiro. Neste ano, a ABE entregou o Troféu Vitis Amigo do Vinho 2016 ao italiano Roberto Rabachino, um dos grandes nomes mundiais do setor vitivinícola, que dedicou seu troféu a todos os pequenos produtores brasileiros. 

— Quando vim ao Brasil pela primeira vez, o vinho brasileiro era bom. Agora é excepcional. Dedico este prêmio a todos os pequenos agricultores do Brasil que muitas vezes não têm oportunidade de apreciar o vinho elaborado com as uvas que produzem. São fundamentais para o vinho do Brasil e do mundo, pessoas que são como soldados na terra do vinho — lembrou Rabachino, que é autor de mais de 20 livros e que já formou mais de 1,5 mil sommeliers internacionais no Brasil.

E o Troféu Vitis Destaque Enológico 2016 foi entregue ao enólogo Antonio Agostinho Czarnobay. Primeiro a conquistar o título de Enólogo do Ano, em 2004, Czarnobay é bioquímico e atua como jurado em importantes concursos internacionais. Foi o primeiro não europeu a integrar a União Internacional de Enólogos. 

— Como dizia o poeta (Vladimir) Maiakovski, "minha anatomia ficou louca. Sou todo coração" — - declarou, emocionado.

As 16 amostras selecionadas entre os 30% e degustadas pelo público

Categoria Vinho Base para Espumante
:: Chardonnay – Casa Venturini Vinhos e Espumantes (Flores da Cunha – RS)
:: Chardonnay – Domno do Brasil (Garibaldi – RS)
:: Chardonnay/Pinot Noir – Vinícola Geisse Ltda. (Pinto Bandeira – RS)

Categoria Branco Fino Seco Não Aromático
:: Riesling Itálico – Vinícola Salton (Bento Gonçalves – RS)
:: Chardonnay – Cooperativa Agroindustrial Nova Aliança (Santana do Livramento – RS)
:: Chardonnayy – Basso Vinhos e Espumantes (Farroupilha – RS)

Categoria Branco Fino Seco Aromático
:: Sauvignon Blanc – Rasip Agropastoril (Vacaria – RS)
:: Moscato Giallo – Vinícola Don Guerino (Alto Feliz – RS) 

Categoria Tinto Fino Seco Jovem
:: Merlot – Vinícola Casa Motter (Caxias do Sul – RS)

Categoria Tinto Fino Seco
:: Tempranillo – Miolo Wine Group Vitivinicultura (Bento Gonçalves – RS)
:: Marselan – Casa Valduga Vinhos Finos (Bento Gonçalves – RS)
:: Cabernet Franc – Casa Perini (Farroupilha – RS)
:: Cabernet Sauvignon – Guatambu Estância do Vinho (Dom Pedrito – RS)
:: Cabernet Sauvignon – Vinícola Almaúnica (Bento Gonçalves – RS)
:: Tannat – Dunamis Vinhos e Vinhedos (Dom Pedrito – RS)
:: Alicante Bouschet – Dal Pizzol Vinhos Finos (Bento Gonçalves – RS)

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comApós repercussão, organizadores desistem de pancadaria no Dia do Soco, em Caxias https://t.co/8UtQmQG3SB #pioneirohá 4 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPioneiro Esportes https://t.co/u511DH3PIJ #pioneirohá 6 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros