Adelino Colombo procura um superintendente para dar continuidade ao sucesso da empresa - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série Os Empreendedores01/12/2012 | 05h32

Adelino Colombo procura um superintendente para dar continuidade ao sucesso da empresa

Sempre aos sábados, série de reportagens traz a história de empreendedores com mais de 80 anos

Adelino Colombo procura um superintendente para dar continuidade ao sucesso da empresa Maicon Damasceno/
Ao lado da esposa, Ruth, Adelino construiu uma história de sucesso e empreendedorismo Foto: Maicon Damasceno

Aos 82 anos, Adelino Colombo procura um superintendente para assumir o comando das Lojas Colombo. O empresário não pensa em parar de trabalhar, mas quer diminuir o ritmo e dedicar mais tempo para visitar as filiais, compromisso que adora.

Casado com Ruth Colombo e pai de quatro filhos, Adelino tem uma história escrita com muito trabalho e dedicação. Nascido no interior de Farroupilha, em Nova Milano, foi acostumado a ajudar em casa, secando louça para a mãe e trabalhando na lavoura com o pai. Ótimo aluno, fazia o dever de casa no colégio mesmo, antes da aula terminar.

VÍDEO: História de Adelino Colombo


Aos 17 anos começou a trabalhar com Seu Manoel, dono de um armazém no centro. Por sorte ou destino, a mãe de Adelino testemunhou a demissão do antigo funcionário, e de prontidão, ofereceu os serviços do filho.

Após três anos, o comerciante decidiu abrir um filial, e Adelino assumiu a gerência. Tempos depois, abriu sua própria filial, e assumiu de vez o seu lado empreendedor.
Com a chegada da televisão em Porto Alegre, outra oportunidade se abriu para o jovem visionário, que começou a vender televisores em Farroupilha e Caxias do Sul.

— À noite, coloquei a televisão na porta da loja para apresentar a novidade. A polícia teve que fechar a rua, tamanho o movimento — relembra.

Casada com Adelino desde 1956, Ruth é parceira para tudo, inclusive nas pescarias no Mato Grosso, paixão de Adelino.

— Uma vez ela pescou um peixe de 31 kg — conta o zeloso marido.

Ruth devolve a gentileza mostrando uma foto de Adelino com um peixe de 60 quilos. Depois da foto, o peixe é sempre devolvido ao rio.

Além da pescaria, Adelino gosta dos almoços de domingo. Na chácara da família, reúne filhos e netos. Normalmente, é ele quem assume o fogão, com a ajuda de um dos genros.

LOJAS COLOMBO
Faturamento em 2011: R$ 1,38 bilhão
Previsão da receita para 2012: R$ 1,5 bilhão
Número de funcionários na rede: cerca de 6 mil
Número de lojas: 325
Ano de fundação: 1959

Leia mais sobre a história de Adelino Colombo no Pioneiro deste final de semana

Perfis anteriores
> 17/11 - Série Os Empreendedores: A estrada de sucesso de Raul Randon
> 24/11 - Lourenço Castellan diminui o ritmo, mas não se afasta das atividades da Florense

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros