Praia ou excursões? Casa de caça e pesca de Caxias aponta tendências para o fim de ano - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte17/11/2020 | 15h39Atualizada em 17/11/2020 | 15h39

Praia ou excursões? Casa de caça e pesca de Caxias aponta tendências para o fim de ano

Movimento da Samburá já se iguala ao mesmo período do ano passado depois de queda acentuada provocada pela pandemia

Praia ou excursões? Casa de caça e pesca de Caxias aponta tendências para o fim de ano Samburá/Divulgação
Entre os itens mais procurados, estão barracas e equipamentos para equipá-las Foto: Samburá / Divulgação

A Samburá Casa de Caça e Pesca, há quase 35 no mercado caxiense, serve de termômetro de como será a movimentação da temporada de férias a partir do fim do ano, pois vende artigos para viagens. Segundo o sócio proprietário, Ivanir Gasparin, as vendas já se igualam ao mesmo período do ano passado, depois de um período de queda bem acentuada provocada pela pandemia.

Quer ler mais textos da coluna Caixa-Forte?  

_ As pessoas buscam mais artigos para deslocamentos curtos. A maioria vai para a praia. Para o comércio local, isso é bom. Em vez de comprar uma vez, compram mais. No nosso segmento, o Litoral ainda é carente de produtos _ aponta o também presidente da CIC.

Já as viagens mais longas ainda não dão sinais de retomada.

_ Tentamos fazer algumas excursões de caça e pesca, mas ainda estamos com baixa procura _ acrescenta o dono da Samburá.

Entre os itens mais procurados, estão barracas e equipamentos para equipá-las. Segundo Gasparin, outra tendência apontada para o verão é a exploração da natureza, objetivando o distanciamento social, o que fortalece o turismo local.

Leia também
Duas safras na Serra: especialista projeta temporada marcante para a colheita da uva e receptivo turístico



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros