Empresa compra marca italiana e ampliará planta de Caxias do Sul - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte20/11/2020 | 12h24Atualizada em 20/11/2020 | 12h24

Empresa compra marca italiana e ampliará planta de Caxias do Sul

Novos investimentos vão gerar 50 empregos na cidade

Empresa compra marca italiana e ampliará planta de Caxias do Sul Fabio Grison/Divulgação
Com aquisição, fabricante caxiense se torna referência na produção de componentes para os mercados de movimentação de terra, agricultura e transporte de cargas e de passageiros Foto: Fabio Grison / Divulgação

A Polirim do Brasil, fabricante de peças automotivas, comprou a unidade fabril da multinacional italiana GSI (Global System International). Em operação desde 2010, concretizou, em julho, a aquisição e agora anuncia que passa a denominar-se SMC Polirim do Brasil. A empresa caxiense assume o controle das operações existentes em Sete Lagoas (MG) e Horizontina (RS). A GSI, que se instalou no Brasil em 2014, passava por situação difícil, o que levou à negociação que interessava as duas partes.

Com sede na Rua Gilberto De Zorzi, no bairro Forqueta, a Polirim se torna agora referência na produção de componentes para os mercados de movimentação de terra, agricultura e transporte de cargas e de passageiros. Mas para ter presença efetiva nos quatro mercados, era necessário investir na incorporação da tecnologia de transformação SMC.

Quer ler mais textos da coluna Caixa-Forte?  

O diretor Douglas Neves e os sócios da Polirim do Brasil avaliavam duas situações: montagem de uma unidade para aplicação da tecnologia ou a compra de marca já existente no mercado. A segunda opção eleita mantém o mesmo quadro de funcionários e unidades em operação. As ações focarão, essencialmente, na recuperação da marca e de mercados em um primeiro momento. Futuramente, a Polirim investirá em sua planta de Caxias do Sul, que terá acréscimo de 4 mil metros quadrados aos 10 mil existentes. O aporte sustentará o incremento de demanda necessário para atender contratos fechados neste ano e que têm entregas definidas para os primeiros meses de 2021. Também haverá aumento de 50% no atual quadro de 100 funcionários.

O investimento para aquisição da GSI, por motivos de contratos e confidencialidades, não teve valor informado, mas o aumento de área fabril da Polirim, a adequação de layout e os novos equipamentos somam quantia superior a R$ 25 milhões.

A negociação trouxe para a gestão da Polirim uma das maiores prensas existentes na América Latina com capacidade de fechamento de 4 mil toneladas. Com este investimento, a empresa poderá fabricar revestimentos externos de colheitadeiras, capôs de tratores e diversas peças para caminhões, como para-choques, grades e para-lamas por exemplo.

Leia também
Plataforma da Maria Fumaça ganha dois novos vagões em Carlos Barbosa


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros