Serra é a quarta região do Estado que mais perdeu empregos em 2020 - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte16/10/2020 | 13h32Atualizada em 16/10/2020 | 13h32

Serra é a quarta região do Estado que mais perdeu empregos em 2020

O percentual de redução geral de vagas com carteira assinada foi de 3% de janeiro a agosto

Serra é a quarta região do Estado que mais perdeu empregos em 2020 CESARVR/stock.adobe.com
Serra perdeu 11 mil empregos neste ano Foto: CESARVR / stock.adobe.com

Com estiagem e pandemia, o Rio Grande do Sul perdeu 88,6 mil empregos formais de janeiro a agosto de 2020. Entre as nove regiões funcionais do Estado, apenas a que inclui a dos Vales do Rio Pardo e Taquari não teve perdas entre janeiro e agosto. A região que inclui os município da Serra foi a quarta que mais reduziu empregos. O percentual de encolhimento foi de 3%. Em janeiro, a região tinha 364,2 mil pessoas com emprego formal e, em agosto, passou a ter 353,2 mil, o equivalente a 11 mil postos de trabalho a menos. A redução de empregos da Serra ficou muito próxima ao percentual de queda de 3,5% do contingente total de empregos do Estado.

Quer ler mais textos da coluna Caixa-Forte? 

O Litoral Norte teve a redução mais expressiva (-10,5%), seguida de Porto Alegre e Região Metropolitana (-5,0%) e a região Sul (-4,4%). Comércio e Serviços foram os setores da economia que mais apresentaram fechamento de vagas. Os dados, com base do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram divulgados nesta semana pelo Departamento de Economia e Estatística, vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado.

Leia também
Por que os empresários têm medo de divulgar suas notícias boas?


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros