Quase a metade dos ônibus produzidos com inovações pós-covid foi exportada - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte14/10/2020 | 14h21Atualizada em 14/10/2020 | 14h21

Quase a metade dos ônibus produzidos com inovações pós-covid foi exportada

Marcopolo produziu 1,5 mil unidades, sendo que 734 foram enviadas ao mercado externo

Quase a metade dos ônibus produzidos com inovações pós-covid foi exportada Gelson Mello da Costa/Divulgação
Foto: Gelson Mello da Costa / Divulgação

A Marcopolo reforçou a atuação internacional com a fabricação de veículos com inovações em biossegurança pós-covid. Dos 1,5 mil ônibus montados com pelo menos um item da plataforma Marcopolo BioSafe _ um conjunto de soluções no combate à contaminações lançado pela companhia em junho _ 734 foram enviados ao mercado externo.

 Quer ler mais textos da coluna Caixa-Forte? 

Os principais destinos da exportações são países da América Latina, como Peru, Argentina e Chile; e África, como Angola e Gana. O próximo embarque será para os Emirados Árabes Unidos e ocorrerá neste mês. Serão mais 29 ônibus adquiridos pela Al Mariah Transport, através da Bin Brook Motors & Equipment LLC, concessionário Scania em Abu Dhabi. Os veículos têm dispenser de álcool gel e proteção de vidro para isolar o motorista. É a primeira exportação de veículos BioSafe para o Oriente Médio.

Leia também
Mercado de equipamentos para gastronomia está aquecido



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros