Dia das Crianças com gastos, local e data de compra diferentes - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte01/10/2020 | 07h47Atualizada em 01/10/2020 | 07h47

Dia das Crianças com gastos, local e data de compra diferentes

Projeção da Fecomércio leva em conta os efeitos da pandemia na economia

Dia das Crianças com gastos, local e data de compra diferentes Lisiane Zago/divulgação
Foto: Lisiane Zago / divulgação

A Fecomércio-RS projeta retração no volume de vendas de presentes do Dia das Crianças, mas não chega a estimar o percentual. A entidade também prevê que a redução no emprego e na renda, em função da crise do coronavírus, devem afetar os valores gastos por presente, o local e a data da compra. 

Cabe destacar que a base de comparação é elevada, já que outubro de 2019 registrou crescimento de 14,7% nas vendas nominais. Nem mesmo a redução do preço dos brinquedos e itens de vestuário serão capazes de reverter os efeitos negativos da pandemia. 

Embora o maior movimento sempre ocorra nos dias que antecedem a data, excepcionalmente em 2020, uma parcela das compras pode ser antecipada, para evitar aglomerações, ou ser feita pela internet.

Leia também
Shopping da Serra alcança números próximos à pré-pandemia



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros