Após venda da Randon Veículos, companhia anuncia criação de nova subsidiária - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte27/10/2020 | 11h57Atualizada em 27/10/2020 | 13h17

Após venda da Randon Veículos, companhia anuncia criação de nova subsidiária

Randon Tech Solutions foi aprovada em reunião do Conselho e capital inicial de R$ 20 milhões é o mesmo valor de comercialização da antiga unidade

Após venda da Randon Veículos, companhia anuncia criação de nova subsidiária Fernando Gomes/Agencia RBS
Nova empresa do grupo Randon vai focar em automação industrial Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

As Empresas Randon aprovaram a criação de uma nova subsidiária. A nova empresa do grupo é a Randon Tech Solutions Industry Ltda. Na reunião do Conselho de Administração da companhia, foi aprovado o capital social inicial de R$ 20,4 milhões para o início das atividades da nova indústria em Caxias do Sul.

O anúncio da criação da nova subsidiária ocorre cerca de 15 dias depois da Randon vender a  unidade de veículos, cujas atividades se encerram em dezembro. O valor estimado na negociação foi de R$ 20 milhões. A Veículos, fundada na década de 1970, foi vendida para a Müller Indústria de Máquinas de Construção Ltda, que pertence ao grupo Romac, com sede em Gravataí. O pagamento dos R$ 20 milhões também ficou atrelado às vendas da Müller.

Leia mais
Randon vende unidade de veículos e atividades se encerram em dezembro

A Randon Tech Solutions vai fabricar e comercializar células robotizadas, máquinas, dispositivos e ferramentais industriais; atuar na prestação de serviços técnicos de  engenharia  e assessoria  no  segmento  de  automação  industrial; além de comercializar   partes,  peças,  componentes  e  demais  insumos  destinados a este setor.

Assim como é característica do grupo ter empresas que são fornecedoras próprias, com essa nova iniciativa, a companhia pretende aprimorar a automação nos processos de manufatura das Empresas Randon, promover economia e potencializar resultados.

Outros R$ 20 milhões investidos no Centro Tecnológico

As Empresas Randon também inauguraram nesta semana uma nova área no Centro Tecnológico (CTR) de Farroupilha. É uma estrutura para ensaios dinâmicos com 53 mil metros quadrados, destinada ao desenvolvimento, testes e homologações de sistemas de controle de estabilidade. Ela dispõe ainda da maior pista de baixo atrito da América Latina e de pistas especiais para análise de ruído e performance de pneus. <!-- NICAID(14626877) -->
Centro Tecnológico Randon inaugura nova área para ensaios dinâmicosFoto: Márcio Campos / Divulgação

As Empresas Randon também inauguraram nesta semana uma nova área no Centro Tecnológico (CTR) de Farroupilha. É uma estrutura para ensaios dinâmicos com 53 mil metros quadrados, destinada ao desenvolvimento, testes e homologações de sistemas de controle de estabilidade. Ela dispõe ainda da maior pista de baixo atrito da América Latina e de pistas especiais para análise de ruído e performance de pneus.

Nesta nova área será possível realizar testes para variados tipos e combinações de veículos leves e pesados, com capacidade para suportar as homologações necessárias de sistemas de frenagem com antitravamento (ABS), controle eletrônico de estabilidade e performance e ruídos de pneus. São 1,8 mil metros quadrados (300 metros de extensão) recobertos por placas de basalto polido. A estrutura projetada para as análises de performance, de 150 metros de comprimento, conta com um sistema para irrigação do pavimento permitindo a realização de testes com pista seca ou molhada.

Somente em 2020, o CTR investiu cerca de R$ 20 milhões para a ampliação de suas estruturas. O centro conta com 20 tipos de pistas, totalizando 15 quilômetros, e possui um prédio de 2.200 metros quadrados.

Leia também
CIC vai retomar reunião-almoço presencial



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros