Negócios deixam shopping de Caxias depois de muitos anos - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte07/08/2020 | 07h14Atualizada em 07/08/2020 | 07h14

Negócios deixam shopping de Caxias depois de muitos anos

Secreta Saudade e Ravena Adornos fecham lojas no Prataviera neste fim de semana

Negócios deixam shopping de Caxias depois de muitos anos Prataviera/Divulgação
Foto: Prataviera / Divulgação

Pelo menos duas lojas que estavam há anos no mesmo lugar estão fechando no Prataviera Shopping, a Secreta Saudade e a Ravena Adornos, as duas no primeiro andar. Nos dois casos, as proprietárias informaram que a pandemia influenciou na decisão.

Depois de 18 anos no Prataviera, a Secreta vai encerrar as atividades neste fim de semana. Até sábado, está promovendo liquidações com descontos de até 50% para limpar as prateleiras. A loja de presentes vai ficar só com as vendas feitas pelas redes sociais em um primeiro momento, mas a direção busca uma nova sala para reabrir no próximo mês.

Segundo Luiza Miranda Adami, sócia-proprietária da Secreta, as datas comemorativas deste ano, que são o carro-chefe das vendas da empresa, deixaram a desejar com a pandemia. Mesmo com a reabertura do comércio, nesta semana de Dia dos Pais, ela destaca que o movimento ainda é muito baixo na comparação com dias normais.

A Ravena também deixa o Prataviera após 16 anos. Pretende iniciar a mudança, na próxima semana, para a Galeria Martinato. Conforme a proprietária Cristina da Silveira, a pandemia fez a comerciante olhar com atenção o próprio negócio.

– Fazendo uma análise de futuro, em que a gente vai ter de ter melhores preços para os clientes, temos que ter a despesa reduzida para isso. Entendo que o shopping não pode baixar os preços do aluguel porque são vários negócios, mas é mais fácil de negociar com sala particular – aponta Cristina.

Outras lojas de shoppings também fizeram movimentos semelhantes para reduzir custos nesta pandemia, mas também cabe destacar que o decreto municipal de distanciamento controlado é mais restritivo para centros comerciais em relação ao comércio de rua.

Saiba também
Empresa de tecnologia de Caxias tem expansão puxada por pandemia


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros