Venda de guisado é termômetro de falta de dinheiro - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte31/07/2020 | 07h07Atualizada em 31/07/2020 | 07h07

Venda de guisado é termômetro de falta de dinheiro

Observação foi feita pelo presidente do Sindigêneros de Caxias

Venda de guisado é termômetro de falta de dinheiro Germano Rorato/Agencia RBS
Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

O presidente do Sindigêneros observa o comportamento nos supermercados nos últimos dias e destaca que, embora o movimento tenha melhorado depois da reabertura aos domingos, as compras servem de termômetro da diminuição do poder de consumo

– Estamos sentindo que as pessoas estão ficando sem dinheiro porque é quando começamos a vender mais guisado – destaca Eduardo Slomp.

Segundo o dono de rede de supermercados, como a carne moída não é um item com preço fechado, a pessoa pode comprar conforme a renda. Além disso, Slomp percebe aumento da procura por itens básicos e de menor valor.

Saiba também
Centro de Eventos começa a sair do papel em Bento Gonçalves


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros