Indústria puxa o desemprego em Caxias - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte01/07/2020 | 07h50Atualizada em 01/07/2020 | 07h50

Indústria puxa o desemprego em Caxias

Nos três primeiros meses com pandemia, setor reduziu 4,5 mil postos de trabalho

Indústria puxa o desemprego em Caxias Marcelo Casagrande / Agencia RBS/
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Dos 8,7 mil postos fechados na pandemia em Caxias, 4,5 mil são da indústria. O presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e Região (Simecs), Paulo Spanholi, destaca a preocupação do setor com o tema.

– Treinar um trabalhador é muito sério. Não podemos demitir e depois readmitir. A nossa linha agora é tentar ao máximo segurar o trabalhador, em suspensão, banco de horas e com qualquer outra alternativa. É o que a maioria está fazendo até por causa do problema social.

Saiba mais
Mais de 2,8 mil vagas de trabalho foram fechadas em Caxias no mês de maio

Na avaliação do presidente do Simecs, abril foi o pior mês para a economia, maio teve uma leve melhora e junho, mesmo com a pandemia avançando muito rápido, teve a economia menos atingida. Ele espera para os próximos meses uma leve melhora para que as pessoas em suspensão possam voltar.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros