Números da Randon de março já mostram efeitos da pandemia - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte22/04/2020 | 15h54Atualizada em 22/04/2020 | 15h54

Números da Randon de março já mostram efeitos da pandemia

Queda de receita líquida alcançou quase 7% com paralisação de atividades por 20 dias

Números da Randon de março já mostram efeitos da pandemia Cleber Mignoni Zeferino/Pioneiro
Foto: Cleber Mignoni Zeferino / Pioneiro

O grupo Randon, controlador de doze empresas operacionais nos segmentos de veículos e implementos, autopeças e serviços, divulgou o desempenho do mês de março e os números já mostram o impacto da pandemia na receita da companhia. No final de março foram dadas férias coletivas de 20 dias como medida de prevenção para a redução da proliferação do novo Coronavírus.

Saiba mais
Grandes empresas de Caxias seguem com contingente pequeno

No mês em que as empresas paralisaram as atividades, a receita líquida consolidada teve queda de 6,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. Cade destacar que é o primeiro recuo do ano e os primeiros meses vinham registrando aumentos de receita. No acumulado de 2020, as empresas Randon ainda registram alta de 3% na receita líquida. 

A Randon divulga mensalmente seus números, mas a companhia avisou ao mercado que as datas dos futuros comunicados poderão ser postergadas devido às medidas adotadas para redução dos impactos causados pelo Covid-19.

Saiba também
Indústria demite 118 pessoas em Caxias



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros