Mais 169 quilômetros em linhas de transmissão na Serra Gaúcha - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte07/03/2020 | 06h59Atualizada em 07/03/2020 | 09h18

Mais 169 quilômetros em linhas de transmissão na Serra Gaúcha

Empresa concessionária de transmissão de energia elétrica detalhou projeto para lideranças de Caxias do Sul

Pioneiro
Pioneiro

Representantes da ISA CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista), empresa concessionária de transmissão de energia elétrica, detalharam esta semana a lideranças empresariais e políticas de Caxias do Sul o projeto que permitirá aumento da disponibilidade de energia para a região. Será um investimento de aproximadamente R$ 700 milhões que adicionará 169 quilômetros de linhas de transmissão e 2.691 MVA (megavoltampere, unidade de medida de potência elétrica aparente) e inclui subestações de energia em Caxias e região. A ampliação antecipa a solução de provável colapso do sistema, que se encontra no limite de fornecimento de energia. A previsão do início das obras é março de 2021, com término em 2025. O investimento atenderá também os municípios de Bento Gonçalves, Pinto Bandeira, Farroupilha, Nova Pádua, Flores da Cunha, Veranópolis e Nova Roma do Sul.

Em 19 de dezembro de 2019, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizou leilão de transmissão composto por 12 lotes de linhas e subestações de energia elétrica. O Rio Grande do Sul foi contemplado com a aquisição, pela ISA CTEEP, desse lote 1 que será implantado na Serra. O projeto foi detalhado em reunião em que, além das lideranças caxienses, estavam o secretário de Meio Ambiente e Infraestrutura do RS, Artur Lemos Júnior e a presidente da Fepam, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental, Marjorie Kauffmann. Pela CIC, participaram o presidente da entidade, Ivanir Gasparin, o diretor-executivo, Gelson Dalberto, e o coordenador da Diretoria de Desenvolvimento Sustentável, Mário Sebben.

Leia também
Master conclui aquisição da Ferrari
Empresas Randon têmresultado histórico em 2019
Concurso do IBGE tem mais de 500 vagas temporárias para Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros