Marcopolo, de Caxias, vende 147 ônibus para o Uruguai  - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte08/11/2019 | 13h33Atualizada em 08/11/2019 | 13h33

Marcopolo, de Caxias, vende 147 ônibus para o Uruguai 

Empresa dá sinais de que o último trimestre do ano será de carteira cheia

Marcopolo, de Caxias, vende 147 ônibus para o Uruguai  Douglas de Souza Melo/divulgação
Foto: Douglas de Souza Melo / divulgação

Com freio no desempenho de julho a setembro, definido como “um breve respiro e não interrupção da retomada”, a Marcopolo dá sinais de que o último trimestre do ano será de carteira cheia, levando-se em conta o aumento da produção desde outubro.

Um dos indícios da boa fase é o fechamento da venda de 147 ônibus urbanos para renovar a frota da Companhia Uruguaia de Transportes Coletivos (Cutcsa), numa parceria entre a fabricante caxiense de carrocerias e a Mercedes-Benz. Os veículos, a serem entregues antes do final do ano, elevarão o padrão de qualidade do transporte coletivo de Montevidéu.  Os ônibus, equipados com ar-condicionado, são do modelo Torino Low Entry, com chassi Euro 5. 

A saber: a Cutcsa é cliente da fabricante há mais de 20 anos e possui frota com 1,1 mil ônibus, todos com carroceria Marcopolo. Nos últimos anos, foram cerca de 300 unidades entregues.

Em números: nos primeiros nove meses de 2019, a Marcopolo registrou receita líquida consolidada de R$ 3,121 bilhões, avanço de 5,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. As vendas no mercado interno, que cresceram 16,9%, sustentaram o resultado, uma vez que as exportações reduziram 22% no período.

Leia mais
Associação dos Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul tem novo presidente
Indústria de Caxias está na lanterninha do crescimento
Mensalidade de curso superior a  R$ 186? 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros