Indústria de Caxias está na lanterninha do crescimento - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte08/11/2019 | 10h00Atualizada em 08/11/2019 | 10h00

Indústria de Caxias está na lanterninha do crescimento

Com acomodação nos números, setor avança timidamente, e fica atrás de comércio e serviços

Indústria de Caxias está na lanterninha do crescimento Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A indústria de Caxias está reduzindo seu ritmo de crescimento, aponta balanço divulgado  pela CIC e CDL.

Foi o primeiro setor a esboçar reação no pós-crise econômica. Mas também é o primeiro, agora, a demonstrar estabilização nos números, até porque a base de comparação com 2018 já é alta e as exportações para tradicionais destinos, como Argentina e Chile, ficaram comprometidas.

No acumulado de 2019, a indústria registra avanço de 2,2%. Já no acumulado de 12 meses, a alta ficou em 3,8%. Com isso, o setor fabril está na lanterninha de crescimento, atrás de comércio e serviços.

O momento é de acomodação de números. Mas grandes indústrias, como a Marcopolo, já anunciam que o último trimestre promete bons resultados, com a carteira de pedidos recheada desde outubro. A acompanhar.

Leia mais
Rede investirá R$ 3 milhões para instalar 6ª academia na Serra
Transportadora de Caxias é adquirida por grupo nacional 
10 empresas da Serra figuram entre as 100 maiores do RS

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros