Caxias deveria fazer valer seu novo passaporte turístico - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte07/11/2019 | 14h00Atualizada em 07/11/2019 | 14h00

Caxias deveria fazer valer seu novo passaporte turístico

Embora integrante da Região das Hortênsias, desde agosto, cidade não participa com estande individual do Festuris, feira turística em Gramado

Caxias deveria fazer valer seu novo passaporte turístico Gustavo Bauer/Divulgação
Foto: Gustavo Bauer / Divulgação

No papel, Caxias do Sul passou a integrar em agosto a Região das Hortênsias no Mapa do Turismo Brasileiro. Na prática, perde a oportunidade de confirmar sua afinidade e se projetar como destino turístico.

Basta ver que deixará uma lacuna na 31ª edição da Feira Internacional de Turismo, o Festuris, que começa nesta quinta-feira, em Gramado.  Sim, Caxias do Sul, embora seja a maior cidade da região, não terá estande individual na vitrine, diferentemente de outros municípios vizinhos, como Bento Gonçalves, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, São Francisco de Paula, Carlos Barbosa e Farroupilha.

Até países como Indonésia, Etiópia, Tailândia e República Dominicana divulgarão seus atrativos. Caxias do Sul integra apenas o espaço coletivo do Rio Grande do Sul, no qual todas as cidades do Estado são divulgadas.

Caxias do Sul perde mais essa chance de mostrar sua vocação e sua sintonia, justamente num momento em que deveria fazer valer seu novo passaporte turístico. Não adianta ser Região da Uva e do Vinho ou Região das Hortênsias. O importante é integrar a engrenagem e as estratégias turísticas, antes que o trem de fato passe sem que embarquemos.

Leia mais
10 empresas da Serra figuram entre as 100 maiores do RS
Transportadora de Caxias é adquirida por grupo nacional 
Rede investirá R$ 3 milhões para instalar 6ª academia na Serra

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros