Presidente da CIC faz apelo em tom de crítica à prefeitura de Caxias - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte21/10/2019 | 19h12Atualizada em 21/10/2019 | 19h12

Presidente da CIC faz apelo em tom de crítica à prefeitura de Caxias

Ivanir Gasparin usou estudo que aponta queda de Caxias em ranking de melhores cidades a se investir no País

Presidente da CIC faz apelo em tom de crítica à prefeitura de Caxias Julio Soares/Divulgação
Foto: Julio Soares / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

O presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias, Ivanir Gasparin, voltou a cobrar a prefeitura durante reunião-almoço desta segunda-feira (21). No púlpito, ao discursar antes da palestra principal, ele falou sobre o ranking elaborado pela consultoria Urban Systems, e divulgado na revista Exame, sobre as melhores cidades para se investir no país. O estudo, reproduzido pela coluna na última semana, mostra Bento Gonçalves na 18ª posição no ranking nacional na oferta de condições de infraestrutura e serviços.

Gasparin, no entanto, chamou a atenção para o desempenho de Caxias do Sul. O município aparece na posição 83, apresentando queda de 19 posições no índice geral de 2018, quando ocupava o 66º lugar entre as 100 melhores cidades para fazer negócios. O presidente também lamentou Caxias não constar no ranking específico da categoria "infraestrutura" e figurar na última colocação entre as cidades gaúchas presentes no ranking. 

— Embora lamentável, não é de todo um dado que nos surpreende. Há tempos esta casa vem batendo no tambor sobre nossas carências em infraestrutura, sobre a necessidade de melhorias nos acessos à cidade, sobre o desenvolvimento e modernização da malha rodoviária — ressaltou.

Gasparin atribuiu também a "empecilhos burocráticos" o entrave para o desenvolvimento econômico da cidade. 

— Reflexo da grave crise que afeta há anos o Rio Grande do Sul, e também reflexo das escolhas da administração municipal quanto às prioridades da atual gestão. Importante que essas informações sirvam para uma mudança na forma como a cidade está sendo conduzida. Os números mostram que tem alguma coisa errada, e que medidas precisam ser tomadas com urgência para reverter essa situação. 

"O senhor é sensível"

O clima foi de desconforto, uma vez que o secretário de Desenvolvimento Econômico, Emílio Andreazza, sentava-se na mesa principal. Ao final, Gasparin amenizou a situação, solicitando, em forma de apelo, atenção do secretário ao tema.

— Secretário Emílio, sabemos que o senhor é sensível a este tema. Sabe, portanto, da importância, de um ambiente favorável para os negócios. Por isso, nosso apelo para que leve nossa preocupação ao conhecimento do Executivo municipal, externando nosso sentimento de extrema preocupação com a realidade.

Após as críticas, Gasparin também exaltou os avanços obtidos com relação ao Aeroporto de Vila Oliva na última semana.

A reportagem pediu contraponto para a prefeitura de Caxias, porém, até 19h10min desta segunda-feira (21) não havia obtido retorno.

Leia também
"A reforma é cruel, com prejuízo para todos", critica senador
Aposentadoria vai ajudar a compor o rendimento da família
"No futuro, toda empresa será uma empresa de tecnologia" , afirma especialista em inteligência artificial


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros