Vinícola da Serra quer crescer 50% no mercado externo este ano - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte22/08/2019 | 08h00Atualizada em 22/08/2019 | 08h00

Vinícola da Serra quer crescer 50% no mercado externo este ano

Empresa brinda a chegada no Peru, Guatemala e Polônia, além de ampliar de 10 para 15 o número de lojas próprias na China

Vinícola da Serra quer crescer 50% no mercado externo este ano Rodinaldo Goularte/Divulgação
Foto: Rodinaldo Goularte / Divulgação

Com presença em 32 países, a maior exportadora de vinhos finos do país segue atraindo novos paladares. 

A meta é ousada: crescer 50% no mercado externo este ano. E as perspectivas também: a Miolo, com sede no Vale dos Vinhedos, brinda a chegada no Peru, Guatemala e Polônia, além de ampliar para 15 o número de lojas próprias na China. Também se prepara para encher a taça na Rússia.

O processo de internacionalização começou em 2003, quando os aromas brasileiros engatinhavam no mundo. Hoje, a marca está em todos os continentes. 

A chegada no Peru, reconhecido pela sua alta gastronomia, foi comemorada pela empresa. 

Na China, a Miolo possui uma loja de cinco andares em Xangai, além de outras filiais de rua, e agora passa a atuar no saguão de hotéis de luxo. Serão cinco novas operações neste ano no gigante asiático.

Leia mais
Copo meio cheio na economia?
Com investimento de R$ 200 mil, nova empresa foca no trabalhador
É fácil economizar, mas não no supermercado

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros