Por que a economia caxiense desacelerou - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte06/08/2019 | 19h56Atualizada em 06/08/2019 | 19h56

Por que a economia caxiense desacelerou

O momento é de manter a esperança, a despeito do ano não corresponder como se almejava

Não há otimismo que resista aos números da economia caxiense, divulgados pela CIC e CDL. Sim, no primeiro semestre os índices fecharam no azul nos comparativos de junho em relação ao mesmo mês de 2018 (5,8%), no acumulado do ano (7,6%) e no acumulado de 12 meses (7%). Mas o balde de água fria chega quando se coloca o zoom em junho em relação a maio, quando todos os setores fecharam no vermelho: indústria, com queda de 4,4%; comércio, com recuo de 19,2%; e serviços, com baixa de 1,6%.

O que isso significa na prática: que os negócios desaceleraram em razão das incertezas que tomam conta do mercado. Não há fatos ou avanços importantes em reformas que justifiquem a volta da euforia. Com expectativas mornas, os empresários seguram investimentos. Os clientes, sem garantia de manutenção de emprego ou recolocação, ficam reticentes para comprar no comércio. Isso explica a retração tão alta no indicador do varejo. Já no caso da indústria automotiva, o cenário é positivo, em função dos pedidos represados pelos anos de crise econômica.

Em junho, Caxias perdeu 293 vagas, embora em 2019 tenha havido a criação de 3.192 empregos.  É momento de preocupação? Não, apenas de olhar atentamente. O recorte de apenas um mês é volátil para uma leitura da conjuntura, apresentando oscilações abruptas. Já os indicadores acumulados no ano e em 12 meses costumam apontar melhor a tendência. No caso, azul. O que não pode é mês a mês haver um passo para trás. 

Junho pode ser exceção, espera-se. O momento é de manter a esperança, a despeito do ano não corresponder como se almejava.

Leia mais
"A Marcopolo é motivo de muito orgulho para Caxias do Sul", diz CEO da companhia
"Temos tudo, mas precisamos pensar como região", diz presidente da CIC de Caxias
Marcopolo, de Caxias, comemora 70 anos com trajetória de crescimento 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros