Caxias do Sul na rota de leilões de arte - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte16/05/2019 | 07h00Atualizada em 16/05/2019 | 07h00

Caxias do Sul na rota de leilões de arte

Marchand Nicholas Bublitz seleciona obras de arte e peças de colecionadores para mais uma edição do Grande Leilão na cidade

Caxias do Sul na rota de leilões de arte Samuel Boff/divulgação
Foto: Samuel Boff / divulgação

O mercado do luxo, da raridade, da antiguidade, da exclusividade e da arte movimenta cifras altíssimas.  Um filão que ganha espaço e profissionalismo. 

E Caxias do Sul tem importância nesse roteiro. Tanto que o marchand Nicholas Bublitz seleciona obras de arte e peças de colecionadores para mais uma edição do Grande Leilão na cidade.

O empresário, reconhecido no Rio Grande do Sul por conta de seu cobiçado acervo de objetos de arte, garimpará peças de colecionadores da região para integrar o leilão. Os interessados em disponibilizar seus artigos serão recebidos pelo marchand na próxima segunda-feira, das 14h às 17h, na Casa Magnabosco, para a curadoria. Essas “preciosidades” brilharão no Grande Leilão, marcado para o dia 30 de maio, no Hotel Samuara.

Aficionados e colecionadores terão acesso a obras de artistas de renome nacional, tapetes orientais,  cristais, pratarias, porcelanas e mobiliário.

Para dimensionar: no Brasil, estima-se que anualmente sejam comercializados R$ 100 milhões em obras de arte.

 Divino Papo e Divino Grená entram em campo

 Fundação Marcopolo afina parceria com o Instituto Zeca Pagodinho

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros