Feira do Vinho será mantida na Praça Dante, em Caxias - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte25/04/2019 | 18h01Atualizada em 25/04/2019 | 18h53

Feira do Vinho será mantida na Praça Dante, em Caxias

O desvinculamento da feira da programação oficial do Dia do Vinho, desde o ano passado, pode ter contribuído com a decisão de Caxias não participar do evento

Feira do Vinho será mantida na Praça Dante, em Caxias Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Embora não participe da programação oficial do Dia do Vinho, Caxias do Sul manterá de forma independente uma atividade que já se consolidou na cidade. Trata-se da Feira do Vinho, que desde 2018 é realizada em dias posteriores ao término da agenda coletiva do Dia do Vinho (antes, a atividade era abraçada na programação), em parceria com as cantinas integrantes da Revinsul. Por pedido de vinicultores, que entendem que promover a venda de vinhos na Praça Dante Alighieri em época de pagamento de salários seria mais favorável, a Feira 2019 será realizada nos dias 7, 8 e 9 de junho.

Leia mais:
"Recurso do Dia do Vinho será priorizado para outras ações", diz secretária de Turismo
Caxias do Sul decide ficar de fora da programação oficial do Dia do Vinho 

O desvinculamento da feira da programação oficial do Dia do Vinho, desde o ano passado, pode ter contribuído com a decisão de Caxias não participar do evento. Embora uma atividade não impediria a outra. E, em turismo, quanto mais, melhor. É no mínimo deselegante e um desgaste institucional essa negativa do poder público para com entidades que acolhem e sincronizam o setor turístico, gastronômico e hoteleiro na Serra. Justamente uma cadeia em que a cidade ainda apresenta tantas fragilidades, ao mesmo tempo em que é porta de entrada de turistas na região por meio de seu aeroporto. É paradoxal. Ignorar o turismo é um gol contra em tempos em que diversificar a matriz produtiva torna-se vital.

Aliás, o setor vinícola foi vítima de desprestígio há cerca de dois meses por conta da organização da Festa da Uva, deslizes esses que acabaram respingando na administração municipal. Durante a Festa da Uva, houve pelo menos duas polêmicas envolvendo o setor da uva e do vinho, as grandes estrelas do evento. Eis:

- O suco de uva não era citado no menu dos guichês oficiais do Fiorin Card. Enquanto isso, quiosques de chope proliferavam. A distorção, após críticas da coluna, foi corrigida

- O Jantar do Viticultor durante a Festa da Uva foi brindado com chope, gerando queixas dos produtores.

Leia mais:

 Sommelier caxiense disputa vaga para campeonato mundial

 Restaurante japonês muda de nome, gestão e identidade em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros