Com receio do endividamento, menos clientes usam o cartão de crédito nos supermercados - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte16/04/2019 | 06h00Atualizada em 16/04/2019 | 06h01

Com receio do endividamento, menos clientes usam o cartão de crédito nos supermercados

Coluna antecipa alguns comportamentos do consumidor que integram pesquisa a ser divulgada nesta terça-feira

"Vacinado, o consumidor está fugindo do endividamento.” A frase do presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), o empresário bento-gonçalvense Antônio Cesa Longo, ajuda a explicar dois fenômenos constatados pelo setor: o aumento na utilização do cartão de débito e de tíquetes-alimentação, e a diminuição da aposta no pagamento em cartão de crédito. 

Esse último caso pode ser justificado pelo receio do consumidor em protelar dívidas e perder o controle sobre as finanças, endividando-se, um sinal amarelo que se acendeu com força em função da crise dos últimos anos.

Por questão de segurança, o cliente gaúcho também paga cada vez menos com dinheiro, método que representa apenas um terço do que fica no caixa dos mercados. Esses dados, antecipados pela coluna, serão divulgados nesta terça-feira de manhã, em Porto Alegre, no tradicional estudo Ranking Agas. 

Promovida desde 1991 pela entidade, a pesquisa coletou informações de 245 empresas supermercadistas gaúchas de 114 municípios para mapear o desempenho do segmento e as mudanças no comportamento dos consumidores relacionados a 2018.  Um detalhe curioso: 37% dos estabelecimentos no Estado já possuem cartão de bandeira própria. 

Leia mais:

 Embarques gaúchos para a Argentina caem 37% em 12 meses

 Havan Caxias terá cafeteria de R$ 420 mil e 180 metros quadrados

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros