Frei Jaime: manter a esperança é uma forma estratégica de avançar - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Opinião09/11/2020 | 09h15Atualizada em 09/11/2020 | 09h15

Frei Jaime: manter a esperança é uma forma estratégica de avançar

A fé é como uma fortaleza, não deixa ninguém perdido ou abandonado, ao longo dos caminhos da vida

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Os dias são preenchidos por muitas ações e até por incontáveis pensamentos. O exercício reflexivo é necessário, pois tudo pode ser visto por diferentes facetas, gerando novos pontos de vista. Manter a esperança é uma forma estratégica de avançar, mesmo que seja a passos lentos.

"Quando a esperança cansa, a fé me carrega." (Carpinejar)

O crescimento, em todos os sentidos, é um processo natural que envolve a vida pessoal, familiar, profissional e social. Ninguém deveria diminuir as buscas mais profundas, mesmo que algumas contradições aconteçam e alguns problemas se tornem exigentes.

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Crescer em direção ao alto é uma caminhada repleta de oportunidades e de percepções. A esperança só experimenta o cansaço, quando a pessoa deixa de sonhar. A quantidade de pessoas acomodadas não é pequena. É interessante observar como as pessoas que perderam o entusiasmo estão sempre cheias de lamentações, impedindo o surgimento de qualquer fenda, para que a luz da esperança se apresente. 

Muitas pessoas não querem ter esperança, pois dá trabalho e desacomoda. A esperança, quando se une com a criatividade, parece ter uma força vulcânica, que tudo transforma. Porém, mesmo não sendo corriqueiro, a esperança até pode cansar.

 Quando a esperança experimenta aquela sensação de cansaço, surge, então, a fé que espanta o medo, o desânimo e a acomodação. A fé tem carregado muitas pessoas, que tentaram desistir dos melhores sonhos e da construção da felicidade. A fé é como uma fortaleza, não deixa ninguém perdido ou abandonado, ao longo dos caminhos da vida. No entanto, a fé só consegue carregar aqueles que se ajudam, através do cultivo da espiritualidade. 

O mundo das coisas materiais é frágil e incapaz de sustentar a dinâmica do existir. Somente a força da fé consegue equilibrar os acontecimentos do cotidiano.

Leia também
Em fase de acabamento, Estação Férrea de Farroupilha deve ser inaugurada em dezembro
Na Cozinha: aprenda a fazer bolo de banana com calda de café
Saiba qual é a plaquinha que ganhou espaço no comércio caxiense com a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros