Frei Jaime: são tantos sentimentos que vão e voltam que nem sempre é possível dar conta de ordená-los - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Opinião17/10/2020 | 07h27Atualizada em 17/10/2020 | 07h27

Frei Jaime: são tantos sentimentos que vão e voltam que nem sempre é possível dar conta de ordená-los

Um intervalo é sempre precioso

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O sábado chega com seu jeito especial de leveza, alegria e espontaneidade... Um intervalo é sempre precioso e é aguardado com expectativa... Vivamos intensamente cada momento, pois o tempo não volta atrás... Nosso olhar fixa o horizonte... é lá que queremos chegar, mas sabemos que é necessário dar conta de cada ‘hoje’, para poder chegar na meta traçada! Feliz sábado! 

"De que cor será o sentir?" (Fernando Pessoa). 

São tantos sentimentos que vão e voltam que nem sempre é possível dar conta de ordená-los e até de saboreá-los. Porém, sentir é um ato dinâmico, silencioso, sereno e esperançoso. Seria interessante ter um tempo reservado para classificar os sentimentos em diferentes cores. Certamente seria uma réplica do arco-íris. Cada pessoa é livre em dar maior ou menor espaço para determinados sentimentos. 

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

A saúde emocional anda fragilizada, pois os sentimentos menos bons estão sempre nos primeiros bancos do palco da vida. Os aspectos negativos acabam tendo longos relatos, minuciosos detalhes e intermináveis lamentações. Mas, quanto mais colorido é o sentir, mais a vida se encontra com a disposição, para abandonar ou minimizar o lado cinzento do cotidiano. No entanto, algumas pessoas, mesmo sendo portadoras de muitos fatos coloridos, fazem questão de parar nas estações opacas da vida que, pensando bem, existem para todos. Não se trata de negar as dificuldades, que são inerentes ao ato de existir, mas de não deixar no esquecimento as incontáveis cores que os bons momentos apresentam diariamente, tornando a vida um evento simplesmente grandioso. 

O segredo de uma vida leve, multicor e dinâmica depende da tonalidade que cada um dá aos fatos. Viver é exigente, mas não há a necessidade de complicar aquilo que pode ser simplificado. Tem um sentimento, porém, que ganha um destaque especial: a alegria, que pode ser pintada de diferentes cores, porque a vida sabe conjugar pequenas e grandes alegrias, sem ser repetitiva. As pessoas alegres têm problemas, sofrem, ficam sem saber o que fazer, mas não desistem de abraçar a existência e seguir em frente. Como é fantástico sentir a vida, a partir de diferentes cores, que não desmerecem e nem desbotam, com o passar dos dias. Viver é um ato realmente colorido. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Confira o tamanho do supermercado que será construído no lugar da antiga Robertshaw
Conheça o maior fã da banda vacariense Poetas e Boêmios
Doce e bem fofinha: receita de panqueca de banana com canela

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros