Frei Jaime: não dar conta de tudo é normal - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Opinião18/09/2020 | 07h43Atualizada em 18/09/2020 | 07h43

Frei Jaime: não dar conta de tudo é normal

As facilidades eliminaram as distâncias, mas aumentaram os compromisso

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A hora de acordar chegou... A sexta-feira está nos esperando... Cada um tem sempre muitas coisas por fazer... Quando a claridade chega, a vida se coloca em movimento... Viver é muito dinâmico e alegre... Alguns obstáculos sempre aparecem, mas todos possíveis de serem solucionados... Vamos lá! 

"Crescer me fez entender que não sou capaz de dar conta de tudo. Às vezes, é preciso concentrar energias  em determinadas áreas da vida." (Matheus Rocha). 

O advento das redes sociais e o contínuo incremento das comunicações têm facilitado e, ao mesmo tempo, agitado os contatos diários. As facilidades eliminaram as distâncias, mas aumentaram os compromissos. São poucas as pessoas que realmente dão conta das diferentes solicitações. Os eventos se multiplicam e os convites chegam de todos os lados, enquanto o mundo se encarrega de produzir acontecimentos que recebem diferentes interpretações. Com o aumento das demandas, é necessário ser seletivo, caso contrário a vida corre o risco de perder a harmonia e a serenidade.                    

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Não dar conta de tudo é praticamente normal, pois a vida, há tempo, deixou de ser pacata. Até mesmo aqueles que não têm nada para fazer, não sabem por onde começar. A maturidade auxilia para que a compreensão tenha as adequadas dimensões, não permitindo excessos emocionais. Não ser capaz de dar conta das tarefas é comum, pois para todos existem limites físicos e intelectuais, sem contar o fator tempo, que é quase sempre escasso. Concentrar energias, em determinadas áreas da vida, é uma necessidade, pois o alcance da felicidade deve estar acima de tudo, ou presente em tudo. 

O desperdício de energias sempre enfraquece o ideal e pode colocar em risco a convivência consigo mesmo e com os outros. Se as pessoas soubessem o quanto é importante ter um projeto de vida, não gastariam tanto tempo acumulando inconsequentemente algumas coisas materiais. Não conseguir fazer tudo é está dentro dos limites aceitáveis, mas deixar de lado o essencial, é preocupante. Na escolha das prioridades é importante ter em mente que a vida é única e que o tempo não volta atrás. Então, muita determinação nas escolhas e na distribuição do tempo. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros