Frei Jaime: a primavera espanta a reclusão e convida à contemplação - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Opinião23/09/2020 | 08h00Atualizada em 23/09/2020 | 08h00

Frei Jaime: a primavera espanta a reclusão e convida à contemplação

As diferentes estações permitem que o universo seja visto a partir de facetas

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A quarta-feira chega para oportunizar alegria e leveza... Com gratidão acolhamos este novo dia... No calendário litúrgico hoje é o dia do Padre Pio (São Frei Pio): um exemplo de caridade e de ternura para com o próximo... Que a primavera da espiritualidade se faça bem presente, dentro e fora de nós... Colorida primavera para todos! 

"A vida sempre nos reserva primaveras. Floresçamos!" (Pe. Fábio de Melo). 

As diferentes estações permitem que o universo seja visto a partir de facetas, que mostram o verso e o reverso de tudo o que foi criado. Até as cores se multiplicam para tornar o cenário ainda mais diversificado. O verde alcança muitas matizes, as flores desabrocham sem nenhum esforço, os pássaros cantam reunindo diferentes tons. A primavera espanta a reclusão e convida à contemplação.                  

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

A natureza sabe seu papel, mas os humanos nem sempre florescem. Não são poucos os que se acomodam no inverno e preferem o esconderijo do individualismo e da indiferença, mesmo tendo diante de si infinitas possibilidades de superação. Saudar a primavera é até fácil, basta ser um pouco expansivo ou flexível para entrar na onda. Porém, o desafio é florescer, através da esperança, da criatividade, da solidariedade, do amor próprio e do encantamento para com a existência. 

As pessoas deveriam ser parecidas com a primavera, isto é, ser capazes de cantar outras melodias, de olhar o lado colorido de cada situação, de sorrir sem motivos, de olhar sem condenar, de amar desinteressadamente. A vida até pode oportunizar alguns invernos, mas ninguém recebeu a existência para não ser primavera. Pelo contrário, a maior parte da vida é destinada ao florescimento, com um colorido denominado de bom humor, bondade, esperança, perdão, resiliência e transcendência. O mundo seria mais florido se a ética não ficasse no esquecimento, se a ganância não estivesse radicalmente impregnada, se o amor ao próximo não precisasse ser continuamente relembrado. Depois de um inverno de muitas preocupações, incertezas e temores, todos podem dar uma chance a este novo tempo, que reúne sons e cores, para garantir muitos amores. Que todos realmente floresçam. A hora é agora. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!    

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros