Artista plástico Marcelo Hübner traz a exposição "Flores Concretas" a Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Artes15/09/2020 | 08h00Atualizada em 15/09/2020 | 08h00

Artista plástico Marcelo Hübner traz a exposição "Flores Concretas" a Caxias do Sul

Mostra na Galeria Gerd Bornheim apresenta 30 obras do porto-alegrense a partir desta terça

Artista plástico Marcelo Hübner traz a exposição "Flores Concretas" a Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Marcelo Hübner e uma de suas obras em exposição em Caxias Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Ao tirar as flores de sua concepção bucólica e mostrá-las no ambiente urbano, onde dividem espaço com o concreto das grandes cidades, o artista plástico porto-alegrense Marcelo Hübner mostra como o colorido da natureza interfere no cenário cinzento dos prédios e calçadas, e vice-versa. Especialmente nas metrópoles, como mostra a exposição Flores Concretas, que inaugura nesta terça na Galeria de Arte Gerd Bornheim, natureza e argamassa são indissociáveis.

_ É uma pesquisa que faço há muito tempo, e que chegou a um momento em que floristas e flores absorvem um pouco dos tons cinzentos do concreto da cidade, ao mesmo tempo em que o concreto ganha um colorido floral _ explica o artista.

A mostra reúne 30 obras pinçadas de um acervo construído ao longo de 20 anos de dedicação exclusiva à arte, nos quais Marcelo se especializou nas técnicas de grafite, carvão e acrílico sobre tela, trabalhando temas como as floristas, cenários urbanos e banhistas. O destaque especial é para quadros em grandes formatos, com até 2,5m de altura por dois de largura, que podem ser considerados quatro metros de largura se observados juntos, como dísticos, ou obras casadas. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 14/09/2020 -  O artista Marcelo Hübner expõe a série de obras intitulada Flores Concretas, na Galeria Gerd Bornhein, na Casa de Cultura Percy Vargas de Abreu e Lima. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)<!-- NICAID(14591810) -->
Montagem na Galeria Gerd BornheimFoto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

“Flores Concretas” chega a Caxias após ter sido escolhida para inaugurar a primeira galeria de arte virtual do Brasil, criada pelo espaço Bublitz, que tem sede fixa em Porto Alegre. O proprietário da galeria, Nicholas Bublitz, assina a curadoria da exposição, que na internet foi vista por quase quatro mil pessoas. Para Marcelo, que considera que o formato virtual chegou para ficar, mas não para substituir a experiência da visitação presencial, voltar a expor é uma alegria especial:

_ Trabalhei muito durante a pandemia, primeiro sendo convidado a desenvolver obras para um projeto dos Arquitetos Voluntários, que criou ambientes de descanso em hospitais da Capital, Região Metropolitana e da Serra, inclusive em Caxias. Depois criei uma série chamada Flores aos Médicos, homenageando e presenteando profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus, Nós, artistas, tivemos de nos reinventar, assim como toda a sociedade. Assinar uma exposição virtual também foi uma experiência muito bacana. Agora fico feliz por poder estar retornando com uma exposição física, dentro desse novo normal que se apresenta.

A exposição pode ser visitada até 16 de outubro, mas vale destacar que a Galeria Gerd Bornheim só estará aberta quando Caxias estiver classificada nas bandeiras amarela ou laranja do distanciamento controlado definido pelo Governo do Estado. Em qualquer situação, é necessário seguir os protocolos de segurança adotados pelo espaço: distanciamento entre as pessoas no ambiente, uso de máscara e higienização das mãos com álcool gel.

Programe-se
O quê
: exposição Flores Concretas, de Marcelo Hübner, com curadoria de Nicholas Bublitz.
Quando: visitação de hoje até 16 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.
Onde: Galeria Gerd Bornheim, na Casa da Cultura, em Caxias do Sul.

Leia também
Novo empreendimento voltado para o enoturismo no Vale dos Vinhedos aposta na arte como diferencial
Série de entrevistas no Instagram conta a história da dança cênica em Caxias do Sul
Projeto Hip Hop nas Escolas é retratado em documentário sobre economia criativa; assista  

sp;

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros