A arte não para #15: a alegria prescrita à distância pelos Médicos do Sorriso - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Artes cênicas17/09/2020 | 08h00Atualizada em 17/09/2020 | 08h00

A arte não para #15: a alegria prescrita à distância pelos Médicos do Sorriso

Grupo de palhaços caxiense lança série de vídeos e workshops virtuais durante a pandemia

A arte não para #15: a alegria prescrita à distância pelos Médicos do Sorriso Pri Moraes/Divulgação
Ator e diretor Davi Souza (nos braços dos colegas) criou os Médicos do Sorriso em 2004 Foto: Pri Moraes / Divulgação

As pequenas doses de alegria que desde 2004 chegam aos leitos dos pacientes de hospitais em Caxias do Sul pelos Médicos do Sorriso, agora chegam através da tela e para todos que quiserem rir e amenizar a pressão desses tempos pandêmicos. O grupo, formado por seis palhaços caxienses deu início, nesta semana, a uma série de 25 vídeos que serão postados toda a semana em um recém-criado canal no YouTube, repletos de bom humor para todas as idades.

O 17º ano do projeto idealizado e dirigido por Davi Souza é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura - Lei Rouanet, com patrocínio da RGE/CPFL Energia. Davi conta que a patrocinadora firmou o contrato uma semana antes das atividades serem suspensas por conta da pandemia, no início de março.

 A arte não para #7: Tonico de Ogum
A arte não para #8: Gio e Doug
A arte não para #9: Jessica Melinda
A arte não para #10: Tatiéli Bueno
A arte não para #11: Paralela  
A arte não para #12: Cristian Rigon
A arte não para #13: Quiquiprocó
A arte não para #14: Márcie Vieira

– Durante todo esse tempo ficamos imaginando o que poderíamos fazer e tivemos de mandar um novo projeto para Brasília, adaptando para esse novo momento, em que a arte migra para as plataformas digitais. A CPFl bancou todo o projeto e apoiou mesmo com todas as adaptações que tivemos de fazer – conta o idealizador. 

A estreia no formato virtual, com um vídeo em que os palhaços interpretam um texto poético escrito por Caciano Kuffel, membro da trupe, repercutiu tão bem que o próprio patrocinador já fez o pedido de unir o presencial ao digital para a próxima temporada.

– Embora estejamos sedentos por voltar a atuar no hospital, somos muito gratos por essa retomada virtual. Ao mesmo tempo que nos desafia, faz lembrar de quando tive essa ideia 16 anos atrás, e tive de ouvir muitas críticas e conviver com a desconfiança de pessoas que achavam que não daria certo levar palhaços para os hospitais em Caxias - recorda Davi. 

Após sete anos no Hospital da Unimed, desde 2011 é o Hospital Geral quem recebe as palhaçadas protagonizadas por Carla Vanez, Pietro Carlucci, Caciano Kuffel, Rafael Schizzi e Edson Coelho, além de Davi Souza, que é ator e diretor do grupo. Enquanto era preparado o novo formato, o idealizador conta ter recebido mensagens do superintendente do HG, Sandro Junqueira, e também de médicos que manifestaram a falta que faz a presença dos palhaços no ambiente hospitalar, e a diferença que a participação, mesmo virtual, poderia fazer no dia a dia dos pacientes e dos profissionais, que também vivem momentos de maior tensão durante a pandemia. 

– Iremos mandar os vídeos para o hospital por WhatsApp, para que os enfermeiros e técnicos de enfermagem exibam para os pacientes, e também vamos organizar algumas lives para o corpo clínico, que está precisando muito dessa dose de alegria. Quando a gente consegue tocar não só os pacientes, mas também os profissionais, é uma prova de que nosso trabalho pode fazer a diferença – comemora Davi. 

Os vídeos serão lançados todas as segundas, quartas, quintas e sextas-feiras, no Instagram @medicosdosorriso e no canal homônimo no YouTube. Para não perder, vale a pena se inscrever no canal e ativas as notificações. 

O grupo também deu início esta semana a uma série de workshops, sendo 12 para o público adulto e seis para as crianças. Para as crianças, brincadeiras e atividades criativas. Para os adultos, conversas com profissionais de saúde, educadores e artistas. O primeiro, realizado na última terça-feira, recebeu a psicóloga Ana Cristina Pereira, que falou sobre a importância do sorriso para a vida. Os workshops são realizados nas terças-feiras (às 15h para as crianças e às 20h para os adultos) pela plataforma Zoom. Os links para inscrição são divulgados previamente nas redes sociais do grupo, no Instagram e no Facebook.

Leia também
Ouça o primeiro single do guitarrista caxiense Felipe Nothen
Artista plástico Marcelo Hübner traz a exposição "Flores Concretas" a Caxias do Sul
Projeto Hip Hop nas Escolas é retratado em documentário sobre economia criativa; assista 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros